Caminhos politicos.


Seguindo um pensamento sobre o filme brasileiro ZUZU ANGEL (2006), e após longas conversas sobre ditadura, e afins, pensei que seria interessante colocar sobre o filho de ZUZU, rapaz com codinome "PAULO". Sugiro que todos que lerem esse texto, procure mais sobre o assunto, eu também irei colocar aqui alguns temas sobre ditadura, democracia e pensamentos atuais.

Stuart Edgar Angel Jones, professor e estudante de dupla nacionalidade (brasileira e norte-americana) foi um militante do MR-8, organização esquerdista brasileira, dado como desaparecido desde 1971, aos 26 anos de idade.

Nasceu a 11 de janeiro de 1946, na Bahia, filho de Norman Angel Jones e Zuleika Angel Jones, mais conhecida como Zuzu Angel, figurinista que morreu em 1976 em circunstâncias ainda não esclarecidas enquanto investigava o desaparecimento do filho.
Stuart, estudante de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi casado com Sônia Maria Morais Angel Jones também morta pela repressão. Ele foi preso no Grajaú (próximo à Av. 28 de Setembro), no Rio de Janeiro, em 14 de junho de 1971, por agentes do Centro de Informações da Aeronáutica (CISA), para onde foi levado e torturado.

Após inúmeras sessões de tortura, foi amarrado à traseira de um jipe da Aeronáutica e arrastado pelo pátio com a boca colada ao cano de descarga do veículo, o que ocasionou sua morte por asfixia e intoxicação por monóxido de carbono.

As torturas teriam sido presenciadas por outro preso político, Alex Polari de Alverga que, através de uma carta, informou Zuzu Angel das circunstâncias da morte de Stuart. Baseada na carta de Alex e em outras evidências, Zuzu denunciou o assassinato de Stuart ao senador Edward Kennedy, que levou o caso ao Congresso dos Estados Unidos.
A mãe do estudante morto entregou também ao Secretário de Estado dos EUA, Henry Kissinger - quando este esteve no Brasil, em 1976 — uma carta pessoal, a tradução da carta de Alex e um exemplar do vigésimo volume da série ‘História da República Brasileira’, de Hélio Silva, onde o autor relata a morte do estudante.

Segundo o historiador, o afastamento da 3ª Zona Aérea e posterior reforma do brigadeiro João Paulo Penido Burnier, principal responsável pelo crime hediondo, e a própria destituição do então Ministro da Aeronáutica, Márcio Souza e Melo, estiveram relacionados com os protestos norte-americanos pela morte de Stuart.

O caso Stuart Angel mistura-se com o plano de utilização do PARASAR para eliminação de lideranças políticas, concebido pelo brigadeiro Burnier em 1968. O plano foi denunciado pelo capitão Sérgio Miranda Ribeiro de Carvalho que, por este motivo, foi punido com base no Ato Institucional n. 5 (AI-5).

Todo esse texto teve interpretação no filme então indico assisti-lo. Conversando com uma amiga sobre o assunto tivemos revelações sobre o assunto, veja bem, nós dois somos pensadores diferentes sobre politica, ela gosta de partes da ditadura e eu partes da democracia (então imagine como foi calorosa o pequeno debate), mas acho que no fim sabemos que queremos extrair um pouco do dois para fazer um pais melhor, com igualdade e juntiça a todos. Agora uma duvida de todos os interesses, e aproveitando que temos nossa liberdade hoje de publicações de ideias e pensamentos, me diga sua opinião sincera:

democracia ou ditadura?

foto por :: Paulo Marques / 1000 Imagens

( Palavras do autor da foto:: Esta foto para mim foi a abertura perfeita. Em meio à neblina, o incerto, os trilhos férreos sem começo e sem fim, rasgando a mata e as serra. Ao lado as cruzes, de sacrifícios e perdas, que vão ficando pelo caminho.
Tudo no preto e branco e principalmente com os grãos. Átomos que se juntam formando vivências e sentimentos.)

3 comentários:

  1. Julio, você sempre com bons textos e temática envolvente. Vou te linkar!

    pois sim, eu estou querendo ver o filme Zuzu Angel amanhã, pelo visto deve ser muito contundente.

    abraços

    ResponderExcluir
  2. O filme me parece muito bom, estou ansiosa para ver.

    Ditadura ou democracia?

    Não sei o que seria melhor, as vezes acho que se os militares tomassem tudo, quem sabe reduziria um pouco essa roubalheira do alto escalão... Democracia sempre parece mais justo, mas justo para quem?

    Não sei... não sei mesmo...

    ResponderExcluir
  3. Então... conversamos bastante sobre política ontem né!!! hehe

    Agora... Democracia ou Ditadura??? vou tentar ser breve... Democracia só no papel ñ adianta... e tdo governo autoritário perde o rumo... mas!!!

    ResponderExcluir