Dia Nacional do Fusca.

Hoje é o dia nacional do Fusca, então para os mais preguiçosos e também por ser domingo, postaria aqui um vídeo que seria basicamente o texto que iria fazer. Enjoy and Happy Bug's Day.



"A Hidra" ou a moça do cartão de credito.

Inspirado na post de meu querido clone amigo Wagner sobre como é ser abordado por seres de outras galáxias, venho postar aqui sobre minha própria experiência com essas pessoas que realmente parecem não obter nada além da necessidade de incomodá-lo sem necessidade alguma.

"A Hidra" ou a moça do cartão de credito.

Estava eu naquela selva, sem água, cansado e um pouco decepcionado por amigos que ficaram para trás sem alguma chance de sobrevivência a este dia impiedoso... Sim estou falando da volta para casa na hora do rush nos mêtros de São Paulo.

Após a epopéia de empurrões chego finalmente a meu destino sem grandes danos, assim eu achava. Peguei a única saída disponível para seguir ao final "exit", e quando estou a terminar de chegar no topo ad escada, eis que vejo uma visão que até hoje não esquecerei.

Uma Hidra de quatro cabeças, varias mãos, línguas que não paravam e pés assustadoramente ágeis. Sim, estou falando de quatro promotoras pequenas, rápidas e 'eficientes' parando a todos que subiam a escada para oferecer "o seu cartão de credito". - alias acho hilário como já temos uma coisa que nunca realmente poderemos usar-.

Me vi em uma situação critica, única mas não diferente do que ja tinha passado pelo meu dia. Em rápido êxtase de sobrevivência pensei em como desviar, manipular a segurança rígida, pular da escada paria uma opção libertadora do caos. Mas percebi que eu deveria enfrentá-las, como ninguém nunca havia feito antes.

Pensei em mentir também, mas sou péssimo nisto, da ultima vez quando fui falar meu nome falei somente as iniciais:

- Seu nome Sr?
- É...er... JC...
- JC? – Ela prontamente retrucou - Seu nome completo Sr.?!!
- Jesus Cristo.

Imagine como terminou... Basicamente com o nome de minha rua se tornando Via Sacra numero 0001.

Mas como vi que a única opção mesmo será enfrentar, então me vem a mente momento, amigos e parentes que tentaram o mesmo, só que 15 apos deparados com essa Hidra receberiam o que juram ser coisas inexplicáveis. Sim, estou falando sobre eles receberem o cartão de credito mesmo dizendo que não queriam.

Estava chegando mais perto delas, e já suando um pouco pela pressão - não a arterial, realmente o povo querendo subir rapidamente, e já desesperados por terem que passar pelo mesmo -, vejo a luz no fim do túnel, eu reconheci uma das cabeças da hidra, estudou comigo a anos atrás. Ou seja, a primeira idéia a mente: Compaixão.

Obviamente enganado, tentando estabelecer contato visual com ela, enquanto subia a escada percebo que à mesma teria se transformado em algo que não tivera mais o retorno a seu teor humano. Sim, infelizmente ela não me reconheceu, afinal mais de 10 anos. E sinceramente eu poderia estar enganado, mas não iria arriscar utilizar algo tão fútil para escapar.

Pronto. Já estava a poucos metros de chegar a elas, e já sem idéia resolvi enfrentar de peito e alma, chegando perto do destino final da escada, minha vida - econômica - passou a minha frente em um piscar de olhos, e pensei comigo - Meu Pai do céu, mais divida não, nããããããõooo -

Pisei no ultimo degrau. Momentos cruciais começaram a acontecer, viam-se apenas os restos dos que já passaram; Sapatos, batons, pentes, e até um suposto bebê que percebo mais tarde ser uma boneca deixada para trás pela dona que já não voltara mais por aquela escada.

Chegara minha vez, a "imagem horrível" de quatro cabeças olha para mim, vê interesse e se posta prontamente a minha direção. É as quatro quase ao mesmo tempo, imagem inesquecível.

Nesses momentos você vê realmente que tudo valeu a pena na vida, e quais coisas faltaria fazer se acaso sobreviver a tudo isto. Estavam prontas a tirarem vantagem de meu suposto estado atual financeiro; Sabe, elas não querem saber para onde esta indo, apenas se você irá levar uma copia do cartão do banco delas.

Continua...

Julio Moraes Entrevista - Tio Punk


----------Começando a temporada de entrevistas 2008, no projeto que realmente da o que falar no mundo blogueiro. Entrevista com Blogueiro volta com um formato renovado e também novas entrevistas para conhecimento, diversão, papo sério e descontração também, por que não?

----------O pub encontra-se reformado, mais espaçoso e acido como nunca, época de eleições americanas, até me emociono em dizer que realmente terei o que falar sobre nossos vizinhos do norte. Mas não mudando de assunto vamos ao nosso primeiro convidado deste ano.

----------Ele é famoso no mundo blogueiro, tem um humor peculiar aos assuntos diários e que também curte punk. O Tio mais visitado de nossa blogsféra brasileira, e também seu criador, passam pelo pub para experimentar as novidades em entretenimento, orégano e rock and roll. Uma conversa sobre o blog começa agora...


Nome: Tio Punk
Cidade: São Paulo / SP
Ocupação: Na vida real trabalho com vendas nada haver com o blog.
Assunto: Humor adulto e outras coisas inúteis ou não.
Layout: Andreas 08. Modificado por mim.

Julio Moraes: Por que blog?
Tio Punk: Na verdade antes eu nem sabia o que era um blog, minha irmã tinha um, chamado Lady Cronopio, já há bastante tempo e vivia me dizendo para criar um... Antes eu achava que os blogs giravam em torno de Kibe Loco e Jacaré Banguela... Mas vi que a coisa era muito mais seria ou mais hilária eu achava que blog e flog eram a mesma coisa.

JM: Há quanto tempo você tem seu blog?
TP: Mais de um ano, fez um ano em 31 de agosto do ano passado.

JM: Por que um personagem para o blog?
TP: O personagem veio antes do blog, é um apelido que recebi dos amigos dos meus filhos por ser um tio que gosta de rock e quando criei o blog resolvi colocar o nome de Tio Punk... Tudo começou como uma brincadeira...eu já pensei em me revelar de verdade, mas tenho receio que as pessoas me confundam com o personagem, porque não sou punk.

JM: Fale um pouco sobre a concepção do personagem.
TP: O desenho do personagem foi baseado no Bob Cuspe do Cartunista Angeli, na minha adolescência quase rebelde eu era fã da revista Chiclete Com Banana (Nada haver com a banda de axé) do mesmo. Fiz algumas alterações nele, como por exemplo, o bob tem piercing no nariz e brinco e o tio punk (eu) não tem.

JM: Por que utilizar o Tio Punk e não seu criador para escrever?
TP: O Tio Punk sou eu (criador) mais exagerado, ele é beberrão, fala muito palavrão, não que eu de verdade não goste de beber e de falar palavrão, acho que com o personagem tenho mais liberdade de dizer o que penso.

JM: Quais os blogs que motivaram a criação do Tio Punk ?
TP: Como já disse, eu antes achava que a blogosfera girava em torno de Kibes e Jacarés desdentados, não posso negar que foram eles que me influenciaram, quando criei o blog comecei também a participar da comunidade Eu Tenho um Blog e vi que a blogosfera era bem maior que imaginava.

JM: O Tio Punk seria uma mascara para seu criador extravasar suas idéias?
TP: Digamos que sim, porque também na minha adolescência eu queria ser punk, nunca fui por causa da educação rígida dos meus pais.

JM: A infância do Tio Punk foi em qual época? E quais estilos punks você curte?
TP: A minha infância foi final dos anos 70 e comecinho dos anos 80, nos anos 80 eu era adolescente e comecei a tomar gosto pela música.

JM: Como seria um blog do criador do Tio Punk?
TP: Hum. (pausa para pensar) Olha acho que seria a mesma coisa, mas talvez um pouco mais comedido com as palavras, o criador já entrou algumas vezes no blog, uma vez para reclamar do personagem que estava criando vida própria.

JM: Quais as inspirações?
TP: Procuro na própria web, tudo pode servir de inspiração principalmente coisas bizarras, a televisão também serve de inspiração, gosto muito de falar sobre mulheres num tom mais machista possível, e o interessante é que a mulherada gosta disso, acham engraçadinho.

JM: Como você vê o futuro do blog hoje?
TP: Quando criei esse blog, eu não tinha grandes pretensões para ele, mas hoje quero cada vez mais acessos, esse negócio vicia. As parcerias com grandes blogs ajudaram para que ficasse mais conhecido, quero que o blog fique conhecido nacionalmente, e o futuro é um blog cada vez mais maduro.

JM: Quais os blogs que o Tio mais visita?
TP: visito diariamente do Jacaré banguela, Bobagento, Treta, o Chongas e o Tarja Preta. Sempre que posso visito os parceiros do meu blog. Um blog não é muito conhecido e que eu gosto de sempre dar uma passadinha é o Capinaremos.

JM: O bom e o ruim do mundo blogueiro no geral?
TP: O bom é que você pode conhecer muita gente boa no mundo virtual. O ruim é quando o blog começa a atrapalhar sua vida, tipo o trabalho e a convivência com as pessoas reais, aí é sinal de que o negócio tá ficando sério.

JM: Você acha que blog não é um lugar indicado para mostrar sua identidade real?
TP: Algumas pessoas sabem quem sou eu, mas prefiro me manter no anonimato, sabe como é celebridade, pode ser que um dia quem sabe posso me mostrar quem realmente sou. Também como sou muito bonito pode ser que a mulherada caia em cima.

JM: Qual seu maior sonho de vida?
TP: O meu ou do Tio Punk? (risos) Falando como blogueiro, gostaria que meu blog ficasse conhecido e poder ganhar dinheiro com ele, mas Isso talvez seja o mais difícil. Como pessoa real... Gostaria de ser um blogueiro realizado.

Papo de Pub :::

Blog: O meu, pode ser?
Mídia: Internet.
Moda: Casual.
Literatura: Não gosto muito de ler.
Filme: Blade Runner. O Caçador de Androides.
Música: Um bom rock.
Internet: Minha vida gira em torno dela. (mas que fique bem claro que não sou um viciado na internet só passo minhas horas vagas nela)

Espaço Aberto :::

----------Um conselho a quem está começando com um blog, não saia por aí copiando tudo que ver nos blogs sem dar os devidos créditos, Isso é muito feio menino. Já aconteceu comigo, antes esquentava a cabeça, hoje não mais. Gostei muito da entrevista e gostaria, sem puxação de saco, de agradecer pela entrevista é bom que as pessoas saibam mais sobre mim ou sobre o Tio Punk.

--
----------Juliu's Pub agradece muito a presença de Tio Punk e seu criador, e claro deixa o espaço aberto para todos comentarem, fazerem perguntas, ou então apenas curtir mais entrevistas. Valem lembrar que vocês podem indicar blogueiros a ser entrevistados, é só clicar no link contato que eu sempre estou por la, abraços, tudo de bom. Até a proxima

Escritores de Novela - Papo de Pub

Começa agora a série baseada em fatos reais, de vez enquando colocarei aqui conversas e desvaneios de MSN, papos simples do dia a dia.

Essa historia começou com minha duvida, se escritores de novalemas poderiam ser considerados fofoqueiros, e com isto perguntei ao meu amigo Davis o que ele achava:

Julio Moraes - diz:
Um escritor de novelas, poderia ser considerado "fofoqueiro"?

Davis - http://davis.blog.br diz:
depende

Julio Moraes - diz:
Ele é a terceira pessoa que nunca aparece nas historias, conta só o pontos de vista dele, e basicamente os datalhes nunca vão de encontro já que sempre muda na 'reprise'....

Julio Moraes - diz:
pq depende?.rs

Davis - http://davis.blog.br diz:
a novela é baseada em fatos reais?^^

Julio Moraes - diz:
não

Julio Moraes - diz:
novela simples

Davis - http://davis.blog.br diz:
então não é

Julio Moraes - diz:
Ué, mas de onde vc acha q eles tiram as idéias?

Julio Moraes - diz:
eles dizem ser ficticios, mas quem prova?

Davis - http://davis.blog.br diz:
hum...

Davis - http://davis.blog.br diz:
se bem q as atuais novelas estão mto chatas

Davis - http://davis.blog.br diz:
repetitivas e SEMPRE baseadas em algo que aconteceu recentemente

Julio Moraes - diz:
justamente

Davis - http://davis.blog.br diz:
fofoqueiros¬¬

Julio Moraes - diz:
sao fofoqueiros de plantão... é minha opinião..hunf

Novidade na Web. Diminua a imagem FREE.

Eis que nasce uma nova criação na internet. Diminua imagens sem burocracia, simplemente selecione a imagem e pronto, escolha o tamanho que você quer, facil nao é? O nome do projeto é...

IMG Resizer, este é o mais novo projeto de Davis Sousa [DS]. Com ele você pode diminuir o tamanho de uma imagem e também colocar marca d'água na mesma.

Útil nas seguintes situações:

  • Você está em uma lan house sem nenhum editor de imagem e precisa diminuir aquela imagem gigante que você achou na net;

  • Não sabe mexer em nenhum editor de imagem;

  • Quer uma maneira rápida de colocar copyright nas suas imagens;

  • Criação rápida de thumbnails ou avatares (aquelas imagens miúdas).

E muitos outros.

Fizemos alguns testes, o Davis e eu, mas precisamos que você teste o maximo que conseguir e retornar o feedback ao Davis, agradecemos muito.

Clique aqui e faça um teste rápido com qualquer imagem menor que 150KB e depois volta aqui pra comentar.

Tudo de bom e até a proxima

Questão de opinião.


Clique na imagem para ampliar ou melhor espiadinha né?...

Nos fundos.

Entrevista para esclarecer os que investem nos "fundos de investimento"

P: A quem deve o gerente de uma Companhia de Investimentos prestar maior atenção e cuidar com especiais cuidados?
R: Ao investidor que ainda não investiu.


P: Os milionários são clientes melhores do que os investidores com pouco dinheiro?
R: De modo algum. Os pobres são menos arrogantes e exigentes e seu dinheiro pode ser administrado com maior liberdade. Além do que, é preferível dez mil ações de um real, espalhadas nas mãos de dez mil sujeitos do que dez mil ações controladas na mão de um tipo só, pode manejar com elas.

P: Mas de que modo os investidores pobres, sem acesso às mumunhas-diretas de informação, tomam conhecimento das emissões de ações das companhias?
R: Através das publicações pagas com o dinheiro de contribuintes anteriores

P: Mas isso não é um risco?
R: Não do nosso dinheiro. Não pomos dinheiro nesse tipo de negócio. Administramos.

P: Não há maneira de levantar capital sem arriscar o dinheiro anteriormente depositado?
R: Sim, fazendo com que os Jornais participem da sociedade, os bancos participem da sociedade - e o Estado. Desse modo, mesmo que se perca dinheiro em três partes da companhia, uma das partes sairá lucrando e seja tudo para a grandeza e glória do capitalismo.

P: Quando se lança uma Sociedade de Investimentos, que outros passos são considerados necessários para o seu sucesso?
R: Convidar a imprensa para coquetéis íntimos, os diretores dos jornais para jantares íntimos, e conversar os colunistas populares para que não falem irrisoriamente do assunto. Em todo caso pensar na imprensa, na imprensa, e na imprensa. A imprensa, amigo!

P: Mas como se admitir que um jornalistazinho qualquer, digamos um "colunista social", possa influenciar os créditos de uma empresa de petróleo BrasilBolívia?
R: Não pode, mas cria a impressão de que pode. O colunista pensa que pode. Então o leitor passa a admitir que pode. Assim também um grupo de leitores. Por influencia dessa opinião, digamos, pública, o dono do jornal passa a achar também que a "Opinião Publica" esta sendo influenciada. Aí os jornais de lá transcrevem o colunista de cá e o colunista de cá transcreve os jornais de lá. Isso forma uma espécie de corrente de investimento. No fim resulta mesmo em investimento. Tudo um pressuposto. Mas, não vivemos afinal no mundo de pressuposições transformadas em realidades?

P: O nome de uma Companhia de Investimento é importante para o sucesso da
empresa?

R: Sim, igual a um sabonete ou a um refrigerante. Antigamente os nomes das companhias de investimento deviam ter características estrangeiras para adquirirem a confiança pública. Essas características deviam ser, de preferência, inglesas, talvez holandesas ou alemãs, ou ainda, mais recentemente, americanas. Hoje as Companhias de Investimento devem ter seus nomes bem nacionais, embora feitos de palavras desconhecidas, preferivelmente siglas formadas das letras de duas ou três firmas importantes controladas por elas. Afinal o nome deve se um anzol e a isca a inclusão, no "board", de algumas pessoas importantes ligadas às altas finanças internacionais. A maioria desses nomes deve ser brasileira mas, apesar do crescente nacionalismo, um ou outro nome estrangeiro impronunciável dá solidez e confiança à empresa aos olhos do público.

P: Que tipo de diretor ou presidente é o ideal para uma Companhia de Investimento?
R: Um cuja reputação de homem rico seja indiscutível. Na mente popular há uma crença (injustificável) de que os ricos são menos vorazes em questões de dinheiros do que os homens pobres subitamente guindados a posições de importância financeira.

P: Qual a atividade principal desse diretor ou presidente?
R: Assinar sem olhar e olhar sem ver. Aparecer em lugares públicos representando a Companhia de Investimento, saindo porém de festas, jantares, coquetéis e conferências de imprensa o mais rapidamente possível, deixando apenas a impressão dos contatos iniciais de simpatia, sem chegar a conversas mais longas que possam comprometê-lo pela intimidade ou desumanizá- lo pela falta de intimidade.

P: Recebe muito esse diretor ou presidente?
R: O bastante para fazer sua independência num espaço de tempo e ser substituído rapidamente, para que o novo diretor ou presidente possa "mudar radicalmente a política da companhia" ou "continuar na tradição e nos sábios antecedentes" que encontrou. Isso, naturalmente, nunca de acordo com os investidores mas com os interesses da companhia. A mudança constante de diretores e presidentes força, naturalmente, os órgãos de publicidade (sempre a imprensa!) não comprometidos e a opinião pública hostil, a sucessivos créditos de confiança, pois não se pode atacar uma companhia quando ela está querendo mudar e acertar.

P: Muito obrigado.
R: Muito obrigado o senhor

Ego

tv

Panasonic mostra na CES, feira de eletrônicos aberta hoje em Las Vegas, uma TV com 150 polegadas - a maior do mundo

Otimo.

Primeiro eles inventam o teto baixo e depois criam isto.

- Quero falar com o gerente por favor... Não não, apenas o gerente.

Meme - Lost ( Perrrrrrrrrrrdido )

Olá a todos, e voltando por aqui hoje para resolver um mito, ops, meme enviado pela linda webwriter Lis do blog Lis' Upgrade, o meme basicamente te coloca em mais uma situação de risco, para alguns até cotidiano porque não? Filosoficamente falando claro. São algumas perguntas basicas sobre o que eu faria... Então vamos la.

ilha

Você vai passar exatamente um ano em uma ilha deserta, onde existe uma certa infra-estrutura, mas ela é limitada. Além de você não haverá mais ninguém na ilha, mas você terá acesso a alguns privilégios limitados. Com isso em mente, seguem as perguntas:

( tã tã tããã )

1. Na ilha você terá água à vontade e frutas nativas. Se souber pescar, com sorte vai poder comer um peixe de vez em quando. Fora isso, você terá que escolher apenas um tipo de comida salgada e um tipo de comida doce para comer todos os dias, o ano inteiro (podem ser cruas ou cozidas). Quais você escolhe?

Quem me conhece sabe que realmente já não esta faltando muito neste menu a la carte lost, mas acredito que uma arroz como salgada e para doce acredito que poderia pedir uma semente de cacau? ( para plantar claro ) - Alias dependendo do peixe já é bem salgado viu povo, cuidado com o excesso...

2. Além da água (e, também com sorte, água de côco se você estiver disposto(a) a subir no coqueiro) não há nenhuma outra bebida na ilha, mas você pode também escolher um único tipo de bebida, fria ou quente, alcoólica ou não, para ter à sua disposição ao longo do ano. Qual você escolhe?

Ahá, eis que pego o criador do meme com esta subta resposta. Chá, é facil de achar e eu nao precisarei importar das pessoas que não estão la pra me salvar... ¬¬

3. Para manter a tradição, você pode também levar um único livro. Que livro você leva?

Bom a Lis citou trilogia, se for assim toda a coleção do Potter também é uma coisa só pra mim . Mas acredito que levaria Guerra e Paz, vai la saber quanto tempo eu demorarei na ilha, e se bobear não irei conseguir terminar.

4. Igualmente, você poderá levar um único filme para assistir. Que filme você leva?

Um filme? Bom como não terei onde assistir levo com gosto qualquer filme que envolva uma violencia gratuita (momento afinetada) - Tropa de Elite seria um.

5. Você terá um notebook à sua disposição, mas com um único programa instalado. Mas você não pode usar um programa de comunicação (como email ou mensagens instantâneas). Qual programa teria mais utilidade para você e por que?

A partir daqui ja vêmos uma suposta regalia. Mas um programa que teria uma utilidade com certeza séria o bom e velho NotePad... "Diario de um perdido, dia 143, 15:30 da tarde ( acho ) .... hoje tentei entrar no site da Amazon, mas como não consegui entrar acho que minha ilha fica facilmente abaixo do equador ou então estou perto da China, estou assustado."

6. Você poderá acessar a internet, mas este acesso é limitado a um único site, o ano todo. (Se você escolher o Google, por exemplo, não poderá navegar para os links dos resultados da sua busca, que estão fora do Google). Também não pode ser seu webmail, Meebo e afins ou sites de notícias (o que elimina os portais). Fora isso, não há restrição nenhuma ao tipo de site, inclusive os que permitem comunicação de outros tipos. A qual site você quer ter acesso por um ano e por que?

Limitaria a não acessar, se não tem portais pra onde eu vou?

7. Você também poderá ouvir música. Mas, claro, você terá que ouvir a mesma música o ano todo, pois só pode escolher uma. Qual você leva? E se fosse um CD?

Facil, Quinta Sinfonia de Beethoven - Preciso de um pouco de drama na ilha.

8. Você poderá escolher um dia do ano para fazer uma única ligação para uma única pessoa, com quem poderá falar por 10 minutos. Para quem você vai ligar, quando e por que?

Como o tempo é escasso e realmente ligar para a familia não seria uma opção. - Me acusariam por passar "ferias" em uma praia paradisiaca e não levará ninguem - Acredito que passaria trotes para os presidentes do mundo, - Preciso me divertir nao é? - mas posso começar com o papa? ( nada erotico ou ofensivo prometo )

9. Você poderá escolher um programa de TV para assistir ao longo deste ano na ilha - limitado à freqüência de uma vez por semana. Você só não poderá assistir nenhum tipo de noticiário, fora isso não há restrições. Que programa você quer assistir?

Caimos na armadilha da qualidade da recpção da TV, mas mesmo assim irei responder. Escolheria LOST, só pra ver que realmente a coisa poderia ser pior. Eu poderia estar sendo filmado enquanto estou no "banheiro"!

10. Quando for seu aniversário, você terá direito a receber uma carta de um(a) amigo(a) ou familiar que tenha uma novidade para contar (sobre si próprio ou não). De quem você gostaria de receber a carta e com qual notícia?

Bom eu posso receber a carta mas nao enviar, acredito que se estivesse namorando na terceira carta teriam palavras ao estilo:

- Há sr. Julio, já que não quer falar comigo tudo bem, de adeus a sua coleção do Led Zeppelin, e se não me responder em menos de 15 dias, arrumo outro, você vai ver...hunf

11. Como não queremos que você transforme uma bola de vôlei no seu melhor amigo imaginário e a única pessoa na ilha será você, você terá direito a levar um animal de estimação para lhe fazer companhia (veja como estou facilitando sua vida!). Que tipo de animal você escolhe e por que? É um animal que você já tenha?

Depois da carta acima, uma bola como amigo seria de bom tamanho, mas levar um animal de estimação seria caçar por dois. Nada contra claro, mas nao quero ver meu bichinho me mordendo de fome. Poxa salvem os bichos gente.

12. Do que você acha que sentirá mais falta? (Contato com as pessoas? Tecnologia? Não saber o que está acontecendo no mundo? Etc…)

Vou sentir falta da liberdade de expressão, tentei criar um zine aqui na ilha, -Acreditem eu preciso sempre escrever - mas o sr. Caco - conhecido pelos amigos como Maca - me excluiu da turma quando eu escrevi que ele dava uns pulos no outro lado da ilha em circunstancias estranhas. - Ainda te pego, verás -

13. Por outro lado, o que você acha que será positivo, proveitoso ou benéfico na experiência? Ou divertido?

Não receber dividas, seria uma novidade humanitaria... pensa bem, assistir LOST sem pagar tv a cabo, acessar a internet wi-fi sem pagar provedor, modem, tudo de bom. Mas também se dér pau, pra quem vou reclamar né.

14. Por fim, você tem direito a levar 3 outros itens à sua escolha que:a) não entrem em contradição com nenhuma das perguntas anterioresb) não seja algo que você vá usar para sair da ilha, como um barco, por exemplo.O que você vai levar e por que?

Ahá, eis que consigo uma Tv ( com boas polegadas ), gerador (obvio) e um DVD Player para ver o filme e...ops - eu ja escolhi Tropa de Elite - até aqui tu me segues Nascimento, hunf.

Eis como eu acho que seria minha vida em uma ilha deserta ou não, enfim nada é certo. E repasso gentilmente as todos que comentarem neste post, adicionarei a lista dos cinco primeiro ( como se fosse prêmio hahaha )

Ha sim e só por que eu gosto de incomodar, mando para o meu amigo Davis também, até depois.

Famoso?

Eis uma foto de seu blogueiro de todos os dias ( sim agora todos os dias, por tempo limitado claro) em um site novo popular da internet. (??)

 

jufamoso 

(clique para aumentar)

 

- Da serie "Nos vemos por ai"