Curioso (Apple)

O novo notebook ultrafino da Apple, o MacBook Air, gerou problemas para um viajante que tentava embarcar com o aparelho em um aeroporto dos Estados Unidos, revelou o blog Engadget na segunda-feira (10).

Segundo o site, o notebook levantou suspeitas por parte de funcionários da TSA, empresa responsável pela segurança em aeroportos norte-americanos, que fizeram com que o viajante perdesse seu vôo ao ser longamente interrogado sobre o aparelho.
Shannon Stapleton/Reuters

MacBook Air, da Apple, gera suspeitas em segurança de aeroporto nos Estados Unidos
Ao passar o portátil pelo scanner de bagagem, os agentes estranharam o fato de o aparelho ser fino demais, não possuir drives, nem portas de entrada em sua parte de trás.

Os agentes disseram que poderia se tratar de uma farsa e que a "caixa vazia" poderia esconder algo suspeito, como uma bomba. O viajante, então, teve que explicar alguns conceitos aos agentes, como o que é um drive SSD.

Aproveitando a confusão dos agentes da TSA com o notebook da Apple, o Cnet.com fez uma lista de equipamentos aparentemente inocentes que já deram dor de cabeça para viajantes em aeroportos dos EUA.

Na lista do site, estão desde aparelhos de insulina usados por diabéticos, até rifles decorados com o tema da Hello Kitty.

- Folha

- - Agora o fato curioso é, eles inventam, divulgam. Ou ao menos dizem gastar milhoes para tal publicidade, mas se fecham em uma monopolização em exportação a ponto de , agentes de uma empresa de segurança [TSA] não saberem o que acontece no proprio "mundo" deles? - Well, welcome to the planet of the apes.

- - A critica não fica apenas sobre a empresa que obtinha a resposabilidade de saber o que era "tal artefato supostamente perigoso", mas ao proprio pais que se mostra (on)impotente quanto a certos assuntos. Poderia acontecer com qualquer um de nós. Agora m responda se eles iriam para para escutar nossa explicação sobre um drive SSD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário