A escola serve para que?

Sempre quando participo de uma blogagem coletiva, passo horas pensando em como será minha participação e se eu poderei realmente fazer algum tipo de diferença junto a meus amigos blogueiros em causas que tentamos solucionar a anos.
Sobre o tema a seguir somos nós da blogsfera contra algo que já não deveria existir o analfabetismo. Quando crianças pensávamos que viajaríamos em carros voadores e teríamos um estilo de vida melhor, com tudo o que gostaríamos de ter.
Hoje percebemos que nem criamos as pessoas que poderiam nos criar os carros voadores, quanto mais queremos ver nossa vida sempre bem. Você esta ajudando para um mundo melhor? Vovó sempre perguntava isto as manhas da escola na qual ela trabalhava. As mães não entendiam muito pois elas não viam seus filhos como "um futuro" apenas como pessoas que irão tentar viver como ela. Batalhando muito, e estudos ficará para depois do trabalho, pois o dinheiro é necessário a sobrevivência... Ou é assim que pensam.
Estou contribuindo para a blogagem coletiva com um vídeo. Nada melhor que fazer visualmente a minha manifestação para todos que quiser ter o acesso a voz do povo apenas clicar em play e ouvir que nosso país precisa de ajuda.
Este video de alguns minutos, foi feiro pela ErdFilmes e chama-se A Escola Serve Pra que? Foram feitas em 13 cidades de minha querida Pìaui entrevistas com representantes do poder publico, mães, pais, diretores, professores e a sociedade em geral, perguntando qual o seria o benéfico escolar a eles. As respostas surpreendem. Logo após visite os links participantes para ampliar a sua ideia de como nosso país está neste momento.


Visite também: Abigobaldo, Abiose, Adao Braga, Adelino, ADesenhar, Adri, Alealb, Alê, Aline D, Allan, Alice, Amigos da Blogosfera, Ana C, Ana C. Zumpano, Ana Laura D, Andrea Motta, Aninha Pontes, Anny, Antonia Y, Aru', Bárbara Matias,Bárbara M.P,Bel, Bel 2, Bete, Bia, BionRJ, Blogosfera Solidaria, Blue R, Bruna P., C. Antonio, Canha,Carla B, Carla T, Carolina, Carol R, Ce Junior, Celia, Celia Malmqvist, Célia Rodrigues, Celia Santos, Chicoelho, Cidao, Cilene Bonfim, Claudia Campos, Claudia Clarke, Claudia Pit, Clausia, Crispassinato, Christiani R, Cristiane A., Cybele M., Cris Penaforte, Cris Santos, Crys, Danda, Daiana, Daniela, Debora, Denise BC., D. Afonso XX, o Chato, Doni, Drops Azul Aniss, Du, Edilene Mora, Eduardo, Eduardo W., Efeneto, Ela, Elaine, Ernani M, Elena, Elisabete C, Elisangela, Elvira Villani, Fabio A, Fabio Mayer, Fátima F, Fátima R, Fernanda, Fernanda J., Fernando Cals, Fernando Z., Flainando na Web, Flavia M, Flavio V., Frodo, Georgia, Gi, Gilson, GuGa, Guillian, Hairon A,Hebert D., Henry Felippe , Ingrid, Iza, Jandira S, Jan T., Jessica M, Joao Bosco, Joao Maria, Julio M., Jussara, Kall, Karine Leao, Krika, Laura, Leniß, Leo, Leonardo, Leonor Cordeiro, Leticia Coelho, Lili Bettina, Lili Faz sua parte, Lilian Britto, Lino Resende, Lis, Liz, Loba, Lola, Lou, Lu, Lucas, Lu Cavichioli, Luci100, Luci Lacey, Lucia Freitas, Lucia, Luiz R, Luiz Ramos, Lulu, Luma, Lunna F., Lunna, Lusinha, Luiz, Luiza Helena, Luiz Valério, LysFigueiredo, Manu, Marcelo, Marcelo M, Marcia F, Marcos, Marcos Santos, Marcos V. Maria Augusta , Maria Fernanda, Marilac, Mario, Marlene Mora, Marta Ribeiro, Mayna Nabuco, Meire, Mi, Michel Q., Milla,Miriam Salles, Motivacao, Nadia, Nadja, Naldy, Nanci Natalia, Nando D, Nina, Oscar, Ozeca, Pablo Ramos, Paloma, Patti, Paulo, Paola Madrid Sartoretto, Paulinha, P-Paulinha, Pedro Freire, Pri, Prof° Cristiana P, Prof° Josenilton, R., Radio Santa Cruz, Rap, Renata, René, Ricardo, Ricardo Rayol, Ricardo Soares, Rober P, Roberta, Roberto B, Rogério B, Ronald, Rosa, Rosacea, Rosana, Rosane , Roseli V, R Petterson, Sandrinha, Scliar, Saramar, Semíramis A, Sérgio C, Sergio Issamu, Sergio F, Sergio Nascimento, Simone L., Sonia H., Sonia Regly, Suellen N, Suelly Marquez, Taliesin, Tamara, Tanya, Tata, Tina, Veneza A. Babicsak, Veridiana, V. Carlos, Vi Leardi, Vinícius, Vitória, Vivi, Vivi Amorim, Viviane B, Vó Heda, William, Xico Lopes, Zel, você.

10 comentários:

  1. Julio, excelente este video...Esta é a realidade do nosso Brasil!
    Obrigada por aceitar nosso convite e pela excelente participaçao.
    Um abraço.
    Meire

    ResponderExcluir
  2. Fantastico... gostei quando a mulher falou que a escola dá sabedoria.. pq educação vem de casa.

    ResponderExcluir
  3. Júlio, parabéns pelo vídeo selecionado e espero que não se importe por eu ter copiado a sua lista de participantes para colar no meu post. Até o "você" do final foi junto ;)

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante esse video Julio.

    O Bezerra, poeta autodidata, disse tudo na minha opiniao :) Familia que nao tem o que comer tem que botar o filho para estudar.

    A escola eh banalizada de fato.

    bjs
    Lys

    ResponderExcluir
  5. Oi Julio, obrigada pela participacao na blogagem coletiva. Pena que você nem mencionou os nomes das pessoas que estao a frente e convidaram para ser discutido esse assunto.
    Assim como nem recebemos a sua vistita.

    O video escolhido por você é excelente. Pois discuti o problema escola em seus varios pontos de vistas e dificuldades. Infelizmente, as pessoas estao deixando as escolas porque precisam comer. Viver sem instrucao se vive, mas com barriga vazia nao.

    Obrigada pela participacao.

    ResponderExcluir
  6. Oi Júlio, na realidade a gente sempre acha que pode fazer pouco, mas se cada um fizesse o seu pouco, as coisas seriam diferentes. Muito bom o vídeo e parabéns pelo espaço.

    ResponderExcluir
  7. Um vídeo que vale por um Tratado sobre Educação, Didática, Política Pública sobre Educação.
    A sabedoria não está necessariamente no mais letrado.
    "Juntando letras" um senhor seu entrevistado fala do pouco que aprendeu - mas de grande valor.
    Por que dizem que a culpa é do professor? A responsabilidade pelo baixo nível de ensino é do governante e do cidadão que devem buscar qualidade nas políticas públicas para a educação.
    Eu falo em meu blog justamente do método tradicional de ensino nos anos 50: a Cartilha do b+a = ba.
    Será necessária tanta teoria para dificultar o aprendizado? b=a=ba.
    Luiz Ramos

    Parabéns. Não sei se vou conseguir ler todos estes bons textos publicados aqui nesta blogagem, ams o seu texto/video, sem dúvida é um dos melhores.

    ResponderExcluir
  8. Eu, até pouco tempo, não tinha idéia real de como as escolas são um problema. No meu tempo, na minha cidade (que é beeeeeeeem pequena), tinha várias escolas e todas públicas, e ainda estão lá. A gente tinha muita facilidade em estudar. Literalmente, só não estudava, quem não queria.

    Mas hoje, eu vejo, aqui na cidade onde estou morando, que é bem mais dificil. Quase toda escola por aqui é particular, as poucas públicas que tem, estão lotadas. Minha filha vai nascer em junho, sei que logo logo terei que colocá-la numa escola, e vou ter que pagar a particular... E nesse caso, eu tenho a sorte de poder (á muito custo, mas é possível) colocá-la numa escola particular... Pois, aqui, é complicado pras crianças carentes, ou mesmo para as mais remediadas, estudar numa escola pública. Eu estudei sempre em escola pública e achava o ensino muito bom (até melhor que as particulares, pq quem não estudava, reprovava...) nas particulares, as crianças, muitas vezes, passam de ano, para a escola não perder os clientes... Qual pai vai gastar dinheiro numa escola em que seu filho reprova??? Se é pra reprovar, vai pra pública... Quando dá.

    Hoje em dia, eu conheço bem mais essa realidade... Infelizmente, é culpa, sim, das autoridades. Eu nem gosto de usar esse meio de escape, dizendo que é culpa das autoridades, mas nesse caso, é sim. Pois se o municipio e o estado, trabalhassem, fariam mais escolas públicas. Tem horas que até parece uma máfia das escolas particulares.

    ResponderExcluir
  9. É um assunto muito interessante porque educação e escola é a base da vida de todo ser humano..mas infelismente o interesse por esse assunto vem sendo deixado de lado não só pelas autoridades mas por várias pessoas envolvidas com a educação..ultimamente tenho visto isso bem mais de perto..nas escolas onde faço estágio, aqui nem sempre o problema é a falta de escolas ou de professores como há em muitos lugares...aqui o que eu vejo sempre que alguns professores estão na profissão errada ou precisam de capacitação...ou seja eles não entendem que estão com uma grande responsabilidade em suas mãos, e acabam deixando aquele aluno que não consegue acompanhar sua aula de lado, se esquecendo que aquele sim é quem necessita de mais atenção e que isso refletirá no futuro dessa criança, e com certeza no futuro do nosso país, então é bom que quando olharmos pra uma criança vejamos nela um futuro governante, um futuro médico, um futuro advogado...enfim um cidadão responsável...é disso que pecisamos...é de pessoas de bem que o mundo está carente e isso tem que começar bem cedo lá no berço, lá no banco da escola!

    ResponderExcluir