Aurélia Thiérrée; L'Oratorio D'Aurelia.

Victoria Thierrée Chaplin ‘viajou’ em uma publicação vendida nas ruas da Paris medieval e criou, junto com a filha atriz, o Oratório de Aurélia. The World Upside Down (O Mundo de Cabeça para Baixo) trazia desenhos populares de situações invertidas e loucura, como um cavaleiro carregando seu cavalo nas costas ou uma árvore com as raízes para cima e os galhos na terra. Num processo intuitivo filha e neta de Charles Chaplin demoraram um ano para criar esta obra-prima onde todo cenário e adereços foram feitos `a mão e que continua sendo transformada. “A Vic vê os filmes das apresentações e nos liga no Skype para mudarmos algo. Ela está em turnê há 15 anos com meu pai - o Circo Invisível. Mas se não estivessem, ela estaria aqui dando pitecos. Ela adora aprimorar, mudar, tornar perfeito”. Filha de Chaplin, “Chaplinha” é!

5 anos depois da ‘première en France’, Aurélia e Jaime, porto-riquenho ex-dançarino por 20 anos da Parsons Dance Company, fizeram muito sucesso na Europa, Ásia e América. Ele conta: “O processo de criação delas é como uma cia de dança, trabalhando com filmagens e vendo o que funciona. Mas também quiseram me tornar um ser humano, o que para mim é difícil pois fui dançarino por 43 anos.Aurélia e Jaime Diferente e igual do Parsons que é puro físico, precisando praticar muitíssimas vezes, esse espetáculo é muito por dentro, muito sentimento, e tenho que fazer caras e voar a 10 metros do chão, como nunca fiz antes.”

Qual a história? A atriz responde: “prefiro que o público descubra. Cada pessoa tem uma visão diferente e descobre uma história. O show é entretenimento e ilusão, e tudo o que eu falar é bla, bla, bla… Tipo o trem que passa por dentro da minha barriga. Como explicar? Quando sonhamos aceitamos tudo no sonho como sendo real, daí acordamos e vemos que era nonsense, absurdo. As crianças gostam muito, especialmente quando percebem que estão vendo algo que não foi feito para crianças. Dependendo da sua interpretação, há uma relação com a loucura, a imaginação ou os sonhos. É sempre libertador ver uma coisa que parece que vai acontecer de um jeito e depois somos surpreendidos. É fácil ver os truques, mas a platéia em geral não quer prestar atenção em como é feito e assim fica maravilhada com o resultado.

E agora Aurélia Thiérrée, neta de Charlie Chaplin, volta a São Paulo com o espetáculo L’ORATORIO D’AURÉLIA para uma curta temporada, com produção e realização do Jogando no Quintal e Luni Produções.

É a última oportunidade para os paulistanos se encantarem com essa montagem sofisticada e emocionante.

Poético e delicado, “O Oratório de Aurélia” apresenta um mundo às avessas, em que objetos têm vida própria. O rato come o gato, as flores na jarra ficam de cabeça para baixo, a protagonista transforma-se em areia numa ampulheta gigante e veste-se diretamente no gaveteiro, com mãos, braços, pernas e pés “desmontáveis”. Forma-se um universo surreal em que a cena se revolta, e as cortinas de veludo vermelho mexem-se imprevisivelmente. É uma apresentação irônica e divertida que faz sonhar espectadores de todas as idades. A platéia retorna ao mundo perdido da fantasia, no qual não há limites para a imaginação.

A cenografia e a música contribuem com essa atmosfera envolvente. A extraordinária combinação de efeitos visuais, eufórica imaginação, refinadas marionetes, dança e magia circenses resulta num delicioso espetáculo.

Após as apresentações em São Paulo, a companhia segue para se apresentar em Salvador e Curitiba, encerrando a turnê que integra o Módulo Circulação do Festival de Circo do Brasil. A turnê nacional já passou por Londrina, Santos, São Paulo, Brasília, Recife, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São José do Rio Preto, com espetáculos sempre ovacionados pelo público.

História

L’Oratorio d’Aurélia foi concebido em 2003 por Victoria Thiérrée Chaplin e Aurélia Thiérrée, mãe e filha. Com este trabalho, elas mostram que não precisam recorrer ao sobrenome famoso, herdado do pai de Victoria, Charlie Chaplin, para conquistar o merecido reconhecimento. Sobre isso, Aurélia afirma: “É realmente mágico ser neta de Charlie Chaplin, mas é também abstrato. Eu tinha quatro anos quando ele morreu. Não tenho muitas lembranças. É por respeito que não falamos dele: nossos espetáculos são muito diferentes do que ele fazia. Eu me sentiria mal se usasse seu nome para atrair as pessoas. Ser neta de Carlitos é um belo presente da vida. Eu me contento com isso”.

Os Thiérrée-Chaplin são conhecidos na França como “la famille des enchanteurs” (“a família dos encantadores”, ou mágicos, feiticeiros). Victoria Chaplin, responsável por direção e design do espetáculo, criou com o marido, o ator e diretor Jean-Baptiste Thiérrée, uma relação mais pessoal com o mundo do circo: a partir do trabalho dos dois nasceu o movimento chamado “novo circo”. O “Cirque Imaginaire” (Circo Imaginário) resultou dessa proposta – os dois sozinhos em cena, acompanhados dos dois filhos, Aurélia e James. Eles viajaram o mundo com o “Cirque Imaginaire” e com o “Cirque Invisible” (Circo Invisível).

Nas peças dos pais, Aurélia Thiérrée deu os primeiros passos, familiarizando-se com os palcos desde a infância. Naqueles anos, aprendeu a combinar disciplina e sensibilidade ao mundo mágico da fantasia. Trabalhou com inúmeros produtores, entre eles Milos Forman, Coline Sereau e Jacques Barratier. Durante muitos anos ficou em turnê com o grupo londrino The Tiger Lillies. Ela trabalhou também para o Music Hall e o “Cabaret”, em Berlim.

3 comentários:

  1. Julio,

    as coisas sempre sãovistas por óticas diferentes. oO meu jarro sempre está de pé. Mas as flores...sempre em posições diversas.
    Assim como as fotos de perfil.Acho sem nexo, e não são instigantes. Gostomesmo doinusitado.
    Dias felizes, sempre.
    P.S.: Vou te linkar para ler vc mais vezes.

    ResponderExcluir
  2. Amigo,Têm uma interessante postagem sobre a Flávia, vivendo em coma há mais de 10 anos.Apareça lá no Compartilhando as letras e divulgue tambéms essa luta!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Aguardo vc lá!!!Seu comentário e visita são se suma importância!!!!!Beijinhos.

    ResponderExcluir