The crisis ou A crise

A Bolsa de Valores de Nova York não fica na Wall Street, mas na Broad Street. E a economia dos EUA também não está em Wall Street, mas no que os norte-americanos chamam de "Main Street", ou Rua Principal. É na rua que estão as lojas, as fábricas e os consumidores.

Nesta semana ficou claro que a crise financeira já chegou à "Main Street", e o principal meio de contágio foi o mercado de crédito. Com bancos quebrando ou sendo fundidos em efeito dominó, o mercado de crédito nos EUA se transformou em um "Vale da Morte", seco em dinheiro para fazer a economia rodar.

As maiores montadoras de veículos anunciaram perdas enormes de faturamento em setembro. Uma das principais causas foi o enxugamento do mercado "subprime" (de segunda linha) de crédito para veículos. Até o ano passado, quase 70% das pessoas que não tinham um bom histórico de crédito nos EUA conseguiam, mesmo assim, financiar a compra de um veículo. Esse total caiu para 22% agora, derrubando as vendas de Ford, GM e Chrysler.

Entre os consumidores, nova pesquisa do Fed (banco central dos EUA) mostrou que dobrou entre abril e agora o número de bancos (de 30% do total para 65%) que passou a adotar políticas mais restritivas para a concessão de financiamentos, tanto para cartões de crédito quanto nas redes de varejo.

Além de vender menos, as empresas estão estranguladas com a falta de crédito para girar suas atividades no dia-a-dia, como pagar salários e comprar matérias-primas para produzir. Nas duas últimas semanas, as maiores companhias americanas conseguiram levantar juntas só US$ 6 bilhões colocando títulos no mercado. Em tempos normais, elas conseguiriam esse valor em um único dia.

O FMI (Fundo Monetário Internacional) acaba de divulgar um relatório traçando um horizonte muito ruim para a economia norte-americana. Uma recessão forte e de longa duração não está mais descartada.

Ao analisar 113 crises em vários países nos últimos 30 anos, o Fundo considera que a atual, nos EUA, é a que mais se assemelha a uma "tempestade perfeita". Isso porque ela acerta em cheio o consumidor, que é quem faz, em última instância, a economia andar.

Três quartos do PIB norte-americano são gerados pelo consumo, que é movido a crédito _e que agora está em falta. Além disso, os americanos nunca estiveram tão endividados: devem US$ 14,5 trilhões e estão hoje bem mais pobres do que há um ano, quando suas ações na Bolsa e o preço de suas casas não tinham começado a despencar.

O quadro atual torna bizarra a discussão sobre se o Estado deve ou não ajudar os bancos em perigo. Não fazê-lo agora seria a pior das alternativas. US$ 850 bilhões (o total do pacote aprovado no Senado dos EUA) eqüivalem a 6% do PIB norte-americano (de US$ 14 trilhões). O valor será financiado por um endividamento maior, algo que tem impacto apenas indireto no dia-a-dia das pessoas e que pode ser equacionado a longuíssimo prazo.

Já uma recessão forte e prolongada terá consequências rápidas e diretas, sobre emprego e renda.

Se isso de fato acontecer, um custo de 6% do PIB pagos a longo prazo teria sido uma pechincha.

Momentos Críticos

A liderança apresentada de uma maneira inspiradora e diferenciada é a proposta de Michael Useem, em Momentos Críticos, lançado no Brasil pela editora Campus-Elsevier. O autor mostra que comandar um grupo, em essência, é o ato de fazer a diferença, tanto em termos pessoais, profissionais ou organizacionais.

O livro conta nove histórias reais e dramáticas, ocorridas em épocas distintas e que servem para orientar e inspirar ações de comando e tomada de decisões, até mesmo nos dias de hoje, quando vivemos em um mundo globalizado e em plena era da informação. As narrativas apresentadas se referem a pessoas que agiram de maneira categórica mediante situações absolutamente difíceis, em condições instáveis e momentos que exigiram ações imediatas.

São personagens reais como Roy Vagelos, diretor do Laboratório Merck, que durante a década de 70 desenvolveu um medicamento específico para o combate à “cegueira dos rios”, doença que se tornou epidemia em regiões da África Ocidental. Abraçando a causa, Vagelos conseguiu liderar uma campanha internacional de distribuição do medicamento pelo continente africano, mudando a vida de milhões de pessoas.

Outra história relatada e bastante conhecida é o caso do astronauta Eugene Kranz, comandante da Apollo 13, que, mantendo a motivação de sua tripulação, conseguiu trazê-la de volta à Terra quando ninguém mais acreditava no retorno da operação.
A obra cita ainda a história de Joshua Lawrence Chamberlain nos campos de batalha da guerra civil americana. No comando voluntário do 20º Regimento das Tropas da União, ele conteve soldados amotinados sem usar a força e os levou a uma vitória que parecia impossível.

A trajetória de Arlene Blum também é contada na publicação. Ela organizou a primeira escalada feminina ao Pico do Annapurna, no Himalaia, e foi bem-sucedida ao lidar com aspectos motivacionais da sua equipe.

Além de contar com detalhes destes relatos, as páginas de Momentos Críticos trazem outras cinco histórias de superação. Esses líderes apresentam seus desafios e falam da forma como atuaram de maneira decisiva e transformaram os contextos em que estavam presentes. São nove exemplos que oferecem ao leitor uma nova visão do papel essencial da liderança. Ao analisar o que os outros fizeram quando uma empresa, uma vida ou mesmo o destino de uma nação estavam em jogo, Useem mostra o que funciona e que não funciona, o que reforça uma causa ou subverte um propósito e o que deve ser feito quando temos de decidir e obter um bom desempenho em situações extremamente difíceis.

A depressão

A depressão não é apenas um distúrbio de humor. É uma doença complexa que afeta corpo e mente e manifesta-se por sintomas emocionais e físicos. Conhecida também como Transtorno Depressivo Maior (TDM), é caracterizada pela combinação de sintomas que interferem na habilidade para trabalhar, estudar, comer, dormir e apreciar atividades antes agradáveis. Como existe bastante preconceito sobre a doença, a informação é imprescindível para que a população possa entender a importância deste assunto.

Sintomas
A depressão afeta mente e corpo e, apesar de caracterizar-se por sintomas emocionais, como perda de interesse e prazer, os pacientes também apresentam sintomas físicos. Os sintomas da depressão podem variar de pessoa para pessoa, e podem incluir:

• Sintomas emocionais: tristeza, perda de interesse, ansiedade, angústia, desesperança, estresse, culpa, ideação suicida.
• Sintomas físicos: baixa energia, alterações no sono, dores inexplicáveis pelo corpo (sem causa clínica definida), dor de cabeça, alterações no apetite, alterações gastrintestinais, alterações psicomotoras, entre outras.

Causas
Apesar da causa da depressão ser desconhecida, a teoria neuroquímica é a mais amplamente aceita segundo a qual uma disfunção no sistema nervoso central é a responsável pela doença. A diminuição de dois neurotransmissores – a serotonina e a noradrenalina – no sistema nervoso central é responsável tanto pelo aparecimento dos sintomas emocionais quanto físicos da depressão.

Tratamento
No tratamento da depressão é fundamental que a resolução sintomática seja total, ou seja, que o paciente alcance a remissão dos sintomas, quer físicos e psíquicos. A remissão diminui o risco de recaídas do paciente. Sabe-se que há sintomas mais relacionados ao desequilíbrio da serotonina e outros ao da noradrenalina. Antidepressivos com ação dupla cumprem esse papel e dentre eles, um dos mais recentes é a duloxetina cujo mecanismo de ação caracteriza-se pela atuação sobre esses dois neurotransmissores de forma balanceada e potente. Estudada em mais de 6.000 adultos com depressão, a duloxetina age sobre os sintomas emocionais e físicos relacionados à depressão. Atualmente, a duloxetina é comercializada em mais de 40 países, dentre os quais Estados Unidos,Brasil, México, Reino Unido, Alemanha e África do Sul.

Números
Estima-se que 121 milhões de pessoas no mundo inteiro sofrem com a depressão, embora dados da Organização Mundial de Saúde mostrem que 75% dessas pessoas nunca recebem tratamento adequado. Hoje, a depressão é a quarta causa global de incapacidade e deve ser a segunda até o ano de 2020

Partos em adolescentes...

Entre 1997 e 2007, o número de partos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em adolescentes de 10 a 19 anos caiu 26,7%. Dados do Ministério da Saúde (MS) revelam que, em 1997, foram 720.338 partos em adolescentes nessa faixa etária. Em 2007, este número caiu para 527.341. Até julho de 2008, foram realizados 275.892 partos pelo SUS em jovens e adolescentes nessa faixa etária.

A coordenadora da Área Técnica da Saúde do Adolescente e do Jovem do MS, Thereza de Lamare, explica que a redução no número de partos de adolescentes está relacionada a uma série de políticas adotas pelo Ministério como maior acesso aos métodos contraceptivos; aumento nessa década da cobertura do Programa Saúde da Família, que leva informações relacionadas à vida sexual e saúde reprodutiva a comunidades da capital e de cidades do interior; ações preventivas e de orientação nas escolas públicas; aumento na capacitação de equipes de saúde para lidar com a saúde sexual e reprodutiva de jovens e de adolescentes e difusão da informação para o público-alvo (veja mais ações abaixo).

A região Sul apresentou a maior redução no número de partos em jovens e adolescentes com idade entre 10 e 19 anos. Em 1997, ocorreram 90.759 partos no Sul, contra 58.448, em 2007 – queda de 35,6%. Em seguida, estão as regiões Centro-Oeste (34,1%), Sudeste (32,4%), Nordeste (22,6%) e, por último, a região Norte (6,7%), com a menor redução.

Thereza de Lamare explica que fatores como a desigualdade de gênero, desigualdade de raça/etnia, falta de oportunidade, as condições de vida e a situação socioeconômica das adolescentes, podem levar a gravidez. “Por causa da dificuldade de escolarização e o despreparo para o mercado de trabalho, muitas jovens optam pelo casamento, pela constituição de uma família para ser inserida na sociedade”. Thereza também lembra que um bom atendimento de saúde local, captação precoce das adolescentes grávidas, assistência no pré-natal e informação são importantes para reduzir a vulnerabilidade dessas jovens.

A incidência de gravidez é maior nas adolescentes negras, com baixo poder aquisitivo e com baixa escolaridade. Em 2004, a taxa nacional de nascimentos por mil mulheres com idade entre 10 e 19 anos para a população negra foi 30% mais elevada que a observada na população branca. A maior parte dos nascimentos cujas mães eram adolescentes foi de bebês de cor negra (329.616, o que corresponde a 54,4%).

AÇÕES PREVENTIVAS – Uma das diretrizes da Política Nacional de Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos é o fortalecimento da Lei de Planejamento Familiar do Ministério da Saúde. Lançado em 2005, o programa é uma demonstração da preocupação do governo federal em garantir os direitos de homens e mulheres, adultos e adolescentes, em relação à saúde sexual e reprodutiva e objetiva garantir a todos os brasileiros acesso aos métodos contraceptivos. Adolescentes também têm o direito de procurar um posto de saúde e fazer uso desses métodos.
Outra ação do Ministério da Saúde, em parceria com o Ministério da Educação, Organização Nas Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), são as atividades do Programa Saúde e Prevenção nas Escolas. Criado em 2003, ele tem como objetivo promover a saúde sexual e reprodutiva.
De acordo com Thereza de Lamare, o programa está ampliando o conhecimento e desenvolvendo o aprendizado das relações afetivas e sexuais de maneira responsável, livre e cuidadosa. Além disso, procura reduzir a vulnerabilidade de adolescentes e jovens às doenças sexualmente transmissíveis, ao HIV e à gravidez não planejada por meio de ações nas escolas e nas unidades básicas de saúde.

Recentemente, a parceria entre os ministérios da Saúde e da Educação resultou no Programa Saúde na Escola, que vai prevenir e promover saúde, por meio de avaliações do estado nutricional, incidência precoce de hipertensão e diabetes, controle de cárie, acuidade visual e auditiva e também psicológica de alunos da rede pública. Até o fim deste ano, o programa beneficiará dois milhões de estudantes de 647 municípios, com baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), o que representará investimento de R$ 34,5 milhões. Para atingir a meta global ― 26 milhões de jovens ― o governo federal aplicará R$ 844 milhões nos próximos três anos.

Sistema educacional britânico

A Secretaria de Estado da Educação fechou parceria com o Conselho Britânico e levará na proxima segunda-feira, 29 de setembro, cinco diretores de escolas estaduais paulistas a Londres. Eles conhecerão o sistema inglês de educação, no projeto Liderança Escolar e Novos Instrumentos de Aprendizagem.

Os diretores da Secretaria são os únicos representantes do magistério paulista. Ficarão em Londres até 3 de outubro. Visitarão cinco escolas londrinas.

Além do Brasil e da Inglaterra, outros nove países _ Argentina, Chile, Colômbia, Cuba, Jamaica, México, Peru, Trinidad e Tobago e Venezuela vão a Londres para trocar experiências e relatar processos práticos que envolvam liderança e gestão escolar. Os diretores também vão apresentar aos professores ingleses as experiências vivenciadas na rotina diária das escolas do Estado, além de exemplificar os métodos de sucesso adotados na rede estadual de ensino.

Os diretores paulistas serão acompanhados de um diretor de escola britânica, que irá apresentar e dialogar sobre a realidade escolar inglês. A ida dos diretores a Londres faz parte de um projeto maior, de troca de informação entre São Paulo e Londres. Todas as despesas da viagem do grupo de diretores serão custeadas pelo Conselho Britânico.

“Os educadores ingleses consideram como características marcantes do trabalho feito nas escolas estaduais de São Paulo a relação afetuosa que existe entre professores e alunos e a preocupação do corpo docente de provocar mudanças positivas no processo educacional”, afirma Laura Cecília Fogaça Bandoni de Oliveira, coordenadora estadual do projeto.

A escolha das escolas seguiu opção do Conselho Britânico, que pretende reunir escolas próximas ou em um grande centro urbano.

Escolas participantes

Escola estadual Caramuru – capital
Escola estadual Professor Salathiel Vaz de Toledo – Itu
Escola estadual Anecondes Alvez Ferreira – Diadema
Escola estadual Professor Jethro Vaz de Toledo – Piracicaba
Escola estadual Professora Suzana Benedicta Gijo Ayres - Indaiatuba

“Pessoas Modernas” no Palácio dos Bandeirantes

Uma nova mostra, contando com 58 obras, entre pinturas, esculturas, desenhos e gravuras, além de reproduções de textos e imagens da revista “O Pirralho”, poderá ser visitada a partir desta quarta-feira no Salão dos Pratos do Palácio dos Bandeirantes. “Pessoas Modernas” é uma reflexão sobre as transformações dos costumes, das figuras e da moda ocorridas no Brasil nos anos de 1910 a 1930. Apresenta obras de Tarsila do Amaral, Flávio de Carvalho, Vicente do Rego Monteiro, Anita Malfatti, Oscar Pereira da Silva, Brecheret, Di Cavalcanti, Lasar Segall, Cícero Dias, Cândido Portinari e outros, pertencentes ao Acervo Artístico-Cultural dos Palácios do Governo do Estado, à Pinacoteca do Estado, ao Museu de Arte Contemporânea da USP, ao Instituto de Estudos Brasileiros – IEB e ao Museu Lasar Segall.

Na solenidade de inauguração da mostra, no dia 30, Radha Abramo, a primeira curadora do Acervo dos Palácios, receberá especial homenagem pelos 13 anos que esteve à frente da curadoria. A mostra está dividida em quatro módulos: “Antes do Modernismo”, com telas, gravuras e esculturas que revelam a influência das Academias de Belas Artes; “O Pioneirismo d´O Pirralho”, jornal satírico criado por Oswald de Andrade; “Personagens Modernas”, que apresenta retratos e auto-retratos de personalidades; e “A Modernização das Formas Humanas”, onde obras da coleção do Acervo dos Palácios são apresentadas sob diversas perspectivas, possibilitando diferentes leituras.

Um dos destaques da mostra na sede do governo paulista é a obra “Operários”, pertencente à coleção dos Palácios. Considerado um dos trabalhos mais importantes de Tarsila do Amaral, a tela foi escolhida para representar o tema do evento “Primavera dos Museus", iniciativa do Departamento de Museus do IPHAN, Ministério da Cultura. A curadoria de "Pessoas Modernas" é de Kátia Canton, professora do Museu de Arte Contemporânea – MAC-USP.

Infos:
Palácio dos Bandeirantes
Avenida Morumbi, 4.500 - Portão 2 – São Paulo/SP
Informações: (11) 2193-8282
Agendamento eletrônico: http://www.acervo.sp.gov.br/
De 1º de outubro de 2008 a 11 de janeiro de 2009.
Visitas: de terça a sexta-feira, de hora em hora, das 10h às 17h.
Sábados, domingos e feriados, de hora em hora, das 11h às 16h.
Todas as visitas são acompanhadas por educadores.
Entrada franca.

Hoje é dia de...

Sempre gostei dessas curiosidades sem muito expressão em nosso dia a dia atual. Mas conhece-las e tentar entender o porque existem é a parte divertida de todo o processo, vejam uma lista que poderá ser conferida pelo ótimo site Guia dos Curiosos, algumas comemorações desta semana de setembro:

dia 22

... dos Amantes
... da Banana
... do Estudante Secundário
... Nacional do Contador
... Nacional da Fauna
... do Rio Tietê

dia 23

... Início da Primavera
... da Revegetação
... Estadual de Proteção à Vida e ao Meio Ambiente (SC)
... Estadual do Técnico Industrial e de Edificações (SP, PI e GO)
... Nacional do Sorvete
... Nacional da Juventude

dia 24

... do Soldador

dia 25

... do Auditor da Justiça Desportiva
... do Cadáver Desconhecido
... do Radialista
... da Tia Solteirona
... do Trânsito
... Nacional da Radiodifusão e do Rádio

dia 26

... Internacional e Interamericano de Relações Públicas
... Municipal dos Aposentados e Pensionistas (CE)
... Nacional dos Surdos

dia 27

... do Ancião
... do Encanador
... da Caridade Católica
... da Música Popular Brasileira
... Mundial do Turismo
... Nacional do Idoso

Por que caminhar?

A caminhada é uma atividade fácil de ser realizada, que tonifica o corpo e queima muitas calorias , afirma a personal trainer do MinhaVida, Valéria Alvim. E, se você ainda está em dúvida quanto a deixar o carro na garagem, acompanhe as dicas abaixo.

Os consultores da MPR e autores do Guia de Corrida, Fábio Rosa e Emerson Gomes, listam a seguir cem motivos capazes de convencer qualquer pessoa a abrir mão do volante, e não só uma vez por ano. Mas sempre que possível. Acompanhe:

1- Aumenta a liberação de endorfinas, ajudando no combate do stress, ansiedade e depressão.

2- Tonifica a musculatura das pernas, coxas e glúteos

3- Possui um gasto médio de 200-300 kcal/hora

4- Na subida o gasto calórico pode aumentar para até 450kcal/hora

5- Melhora a circulação sanguínea

6- Auxilia na prevenção de varizes

7- Auxilia no controle da pressão arterial

8- Auxilia no controle do colesterol, aumentando o HDL(bom colesterol) e diminuindo o LDL (mau colesterol)

9- Aumenta a massa muscular

10- Melhora a atividade do sistema imunológico

11- Ajuda a prevenir a osteoporose, através da compressão imposta aos ossos pelo impacto da caminhada

12- Aumenta o metabolismo de repouso, aumentando assim o gasto calórico diário

13- Aumenta a capacidade dos pulmões absorverem o oxigênio
14- Auxilia no combate a diversos tipos de câncer

15- Alivia os sintomas da TPM

16- A caminhada durante a gestação pode facilitar o parto, por manter a musculatura firme

17- Acelera a recuperação pós-parto

18- Acelera a recuperação de cirurgias

19- Aumenta a força dos membros inferiores

20- Melhora flexibilidade

21- Acelera a atividade do sistema nervoso, auxiliando na condução de impulsos

22- Auxilia no controle postural, pois exige sustentação do tronco

23- Diminui riscos de derrame cerebral

24- Auxilia no controle e prevenção da diabetes

25- Ajuda a prevenir a obesidade

26- Auxilia no combate ao tabagismo

27- Melhora a auto estima

28- Combate a insônia

29- Praticamente sem contra indicações

30- Você fica mais disciplinado, pois caminhando para o trabalho, há horário a cumprir e com isso impõe um ritmo a seu organismo

31- Tem baixo custo. Basta apenas um calçado confortável com amortecedor

32- Aumenta o contato com o meio ambiente, ficando livre do ar condicionado do carro e do escritório

33- Auxilia na absorção de vitamina D, se realizada durante o dia devido à irradiação solar

34- Sem pegar o carro, você colabora com o trânsito
35- Colabora com o controle da emissão de gases que provocam o aquecimento global

36- Você fica livre dos congestionamentos e do stress que os engarrafamentos provocam aos motoristas

37- Deixando o carro na garagem, você gasta menos dinheiro com combustível

38- Você economiza com o altíssimo valor cobrado pelos estacionamentos

39- Pode fazer suas comprar durante a caminhada de ida e volta ao trabalho, evitando a perda de tempo em se deslocar somente para isso

40- Caminhar nas ruas permite observar melhor a arquitetura dos prédios e descobrir lugares nunca antes observados

41- Caminhar nos parques permite observar a natureza

42- Aumenta a percepção de umidade e temperatura

43- Caminhar em contato com a natureza pode reduzir ainda mais a ansiedade, pois a cor verde traz tranqüilidade

44- Podemos observar as nuvens no céu, o que dificilmente pode ser feito dentro de um carro

45- Podemos ver o nascer do sol enquanto caminha em direção ao trabalho

46- Podemos desenvolver a audição prestando atenção nos sons dos carros que se aproximam

47- Em um parque, podemos ouvir o cantar dos pássaros

48- Podemos ver o pôr do sol enquanto voltamos do trabalho

49- Enquanto caminhamos, podemos conversar com os amigos

50- Caminhando diariamente, você fica em forma e pode até economizar com a academia

51- Você ganha uma maior resistência aeróbica
52- Auxilia na tonificação da musculatura dos membros inferiores;

53- Aumenta o seu gasto calórico

54- Fortalece os tendões

55- O impacto da caminhada rápida ajuda na calcificação dos ossos, retardando ou evitando a osteoporose, problema que afeta principalmente mulheres

56- Ajuda a controlar a ansiedade

57- Combate a depressão

58- Controla a pressão arterial

59- Contribui para a diminuição dos valores da freqüência cardíaca de repouso (basal)

60- Estimula a socialização

61- Trabalha o equilíbrio do corpo

62- Fortalece as articulações

63- Reduz risco de arteriosclerose

64- Reduz o risco de AVC (acidente vascular cerebral)

65- Reduz risco de infarto do miocárdio

66- Auxilia no controle do colesterol

67- Auxilia no controle do diabetes

68- Aumenta a eficiência do sistema imunológico

69- Age no controle do estresse

70- Reduz o risco de câncer no cólon

71- Auxilia na prevenção do reumatismo

72- Ajuda na melhora da disposição para o dia-a-dia

73- Combate sentimentos de inadequação

74- Melhora a auto-estima

75- Ajuda no controle da obesidade

76- Diminui o risco de lesão devido ao baixo impacto (comprando à corrida)

77- Auxilia no ganho da massa óssea

78- Diminui o risco de varizes

79- Diminui o risco de lombalgia

80- Contribui para o aumento da flexibilidade

81- Aumenta a resistência anaeróbica

82- Ajuda a corrigir vícios posturais

83- Melhora a estabilidade articular

84- Contribui para a melhora de problemas de circulação

85- Considerada a prática mais segura de exercícios aeróbicos do ponto de vista ortopédico e cardiovascular

86- Ajuda a fortalecer braços e troncos (se houver boa utilização dos braços, no movimento da caminhada)

87- Ajuda na oxigenação cerebral, auxiliando na circulação do sangue pelo corpo

88- Traz a sensação de bem-estar

89- Auxilia no aumento da força

90- Reduz o risco de câncer de mama

91- Ajuda a combater a insônia

92- Aumenta a produção endorfina

93- Auxilia no combate à asma

94- Auxilia no trabalho digestivo

95- Melhora o metabolismo energético

96- Combate os radicais livres

97- Melhora a qualidade do sono

98- Retarda o envelhecimento

99- Contribui para a diminuição do risco do diabetes tipo 2

100- Diminui os triglicérides.

Você faz algo pela educação?

Se sua resposta foi sim, parabéns, porque segundo o ibope 63% da população, não faz nada.


A pesquisa Educar para Crescer, realizada nacionalmente pelo Ibope e divulgada na manhã de hoje (15 de setembro), em São Paulo, revela um dado alarmante: o brasileiro não chama para si a responsabilidade pela qualidade do ensino no país e tampouco participa ou se sente motivado a contribuir para sua melhoria. O estudo mostra que 63% da população afirma não fazer nada pela Educação e, para 68%, ela é de total responsabilidade dos governantes.


A pesquisa mostra que 70% dos brasileiros estão satisfeitos com a qualidade do ensino no país. Para Claudia Costin, ex-secretária de Cultura do Estado de S. Paulo e encarregada de apresentar a pesquisa, essa satisfação é fruto do desconhecimento da população em relação aos principais problemas da Educação. Afinal, quase 70% dos brasileiros não fazem idéia do que seu prefeito está fazendo pela Educação do município. E embora 69% apontem a Educação como um dos principais setores nos quais o governo deveria investir, só 1% considera as propostas de Educação dos políticos na hora de votar.


Os brasileiros também estão satisfeitos com a escola dos seus filhos, e dão nota 7 para os estabelecimentos de ensino, em média, avaliando-se a escola pública e privada. Apenas 9% deu nota inferior a 5. A população acha que nosso IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) é de 5,5. A estimativa é que essa média seja alcançada somente em 2017. A média atual é de 4,2.


Quase 90% da população brasileira coloca a Educação em 5º lugar na lista dos principais problemas do país, atrás de Segurança (com 30% das menções), Atuação dos Governantes (17%), Trabalho (13%) e Saúde (11%).


A pesquisa perguntou à população quais são os objetivos mais importantes para se obter Educação básica de boa qualidade. As alternativas mais apontadas foram: ensinar adequadamente as matérias (31%), nenhum (28%), oferecer perspectiva de realização profissional (24%), assegurar igualdade de oportunidade (19%) e formar cidadãos críticos e conscientes (18%).


Entre as medidas que deveriam ser tomadas pelos governantes para melhorar a educação pública, duas tiveram grande adesão dos respondentes: melhorar o salário (46%) e a capacitação dos professores (37%).


Pesquisa


Foram entrevistados 1000 homens e mulheres, de 16 a 69 anos, de todas as classes sociais e residentes de nove regiões metropolitanas do país: Salvador, Fortaleza, Recife, Distrito Federal, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo.

O mundo não acabou

Está ultima semana tudo que se falou foi em vários tipos de energia, pelo fato da famosa "maquina do fim do mundo" ser finalmente ligada. (Não sabe do que se trata? Clica aqui)

Com toda esta transmissão de informações, o presidente do Sindicato dos Eletricitários do Estado de São Paulo, Carlos Aberto dos Reis, fez um antigo falando um pouco sobre a estrutura eletrica do país e o porque uma maquina desta nunca iria causar um buraco negro, confira:

Felizmente, o mundo não acabou, como temiam tantos, após a ligação, dia 10 último, do acelerador de partículas do consórcio europeu Cern, na fronteira entre Suíça e França, que visa a recriar um mini-Big Bang, para encontrar respostas à origem do universo. A experiência em curso, que estimulou a criatividade de leigos e cientistas e até provocou medo em todo o Planeta, ante a hipótese de gerar um buraco negro irreversível, custou a bagatela de três bilhões de euros, algo próximo de 7,42 bilhões de reais.

Essa fantasia do inconsciente coletivo internacional, ante um experimento próximo da ficção científica, tem peculiar e insólita analogia com uma situação real do Brasil, também ligada à área energética: a precariedade do sistema elétrico, que já nos conduziu, não a um buraco negro, mas a um lamentável apagão, que praticamente paralisou a economia nacional em 2001. E os riscos continuam, pois o sistema é permeado de vícios e equívocos.

O primeiro problema é o atraso e insuficiência dos investimentos. É lamentável constatar o fracasso das Parcerias Público-Privadas (PPPs), pela absoluta insegurança jurídica que os projetos deixam transparecer. Outra questão importante é a política de privatização do sistema, em especial no estado de São Paulo, feita de maneira afoita, sem a preocupação com a garantia de qualidade técnica e compromissos mais sólidos dos concessionários com a sociedade e as empresas. É o caso, por exemplo, da AES Eletropaulo, que substituiu mão-de-obra experiente e qualificada por pessoal terceirizado sem o devido treinamento. Esta precarização dos serviços é responsável por alguns apagões, cada vez mais recorrentes, e pela maior insegurança dos próprios trabalhadores e usuários.

Falta de qualificação no setor não se restringe, contudo, aos trabalhadores operacionais e técnicos das hidrelétricas e redes de transmissão e distribuição. Abrange, também, com honrosas exceções, cargos de gestão e direção, preenchidos por critérios meramente políticos. Dada a grande importância do setor elétrico para a economia, a sociedade, as empresas, os indivíduos e a própria segurança nacional, é temeroso outorgar a apaniguados partidários sem qualificação cargos e funções da mais alta responsabilidade no sistema elétrico.

Sem maiores investimentos em geração, transmissão e distribuição de eletricidade, sem a devida fiscalização e exigência de qualidade das concessionárias privadas e sem critérios técnico-profissionais na contratação de mão-de-obra no setor e nomeação dos dirigentes das companhias que se mantêm sob controle acionário do estado, novos apagões certamente acontecerão. E estes, ao contrário dos temores relativos ao acelerador de partículas europeu, representam um risco real, verdadeiro e concreto. O Brasil precisa de medidas urgentes e toda uma reestruturação no setor hidrelétrico, pois sua deficiência, somada à passividade com que o problema tem sido encarado, pode criar um buraco negro capaz de engolir por muito tempo toda a nossa potencialidade de promover o crescimento sustentado da economia.

11 de Setembro; Sete anos depois

No dia 11 de setembro de 2001 os EUA receberam o pior ataque em sua história, executado em seu próprio solo continental. A resposta bélica ao ataque teve um grande respaldo diplomático e demonstrou que a mega-potência estava em seu apogeu. Bush, que perdurara no poder, depois de ter perdido as eleições, converteu-se num dos presidentes mais populares que houve em sua nação.

Sete anos depois, grande parte desse arsenal político adquirido se evaporou. Bin Laden e Mulá Omar seguem operando livres, enquanto Bush tornou-se um dos mandatários mais impopulares dos EUA, além disso, seu país sofre diversos questionamentos.

Pela primeira vez na história, 16 das 20 repúblicas latino-americanas têm presidentes que se dizem, de uma ou outra forma, da esquerda. A Rússia acaba de fazer seu maior desafio no pós-guerra fria, ao invadir a Geórgia e reconhecer a separação de duas regiões da dita nação. A China vem mostrando que se prepara para competir de igual pra igual com os EUA.

A oito semanas de suas eleições, Hoje os EUA se encontram em recessão. Washington tem urgência para derrotar a Al Qaeda, se quiser recuperar seu prestígio mundial. McCain quer fazer isso através de uma ofensiva maior que a de Bush no Iraque, propondo permanecer até um século naquele país. Obama representa o pólo oposto, pois ele sempre questionou os ataques ao Iraque, já que deseja é sair de lá para se concentrar na caça a Osama.

Paradoxalmente, pela primeira vez, um líder do ‘Terceiro Mundo’ pode se converter-se no grande “eleitor” dos EUA. Um novo atentado de Osama, por exemplo, inclinaria a balança a favor de McCain, que mostrou como toda ameaça à ‘segurança nacional norte-americana’ (como a guerra russo-georgiana), sempre lhe faz subir pontos.

Informações Oficiais: Show Extra da Madonna no Rio, e outro Extra em São Paulo

a Live Nation em associação com a Time For Fun (T4F) anuncia hoje que, devido à excepcional demanda, haverá mais um show da Madonna no Rio de Janeiro, dia 15 de dezembro, e em São Paulo, no dia 21 de dezembro. Com isso, serão cinco shows no Brasil: Maracanã (14 e 15 de dezembro) e Morumbi (18, 20 e 21 de dezembro).

INGRESSOS PARA 15 DE DEZEMBRO, ESTÁDIO DO MARACANÃ, A VENDA SABADO, 13 DE SETEMBRO À 0h

INGRESSOS PARA 21 DE DEZEMBRO, ESTÁDIO DO MORUMBI, A VENDA DOMINGO, 14 DE SETEMBRO À 0h

Os ingressos para o segundo e último show de Madonna no Rio de Janeiro começarão a ser vendidos a partir da 0h do próximo Sábado, 13 de setembro pelo telefone.

Os ingressos para o terceiro e último show em São Paulo começarão a ser vendidos a partir da 0h do próximo Domingo 14 de setembro, também pelo telefone.

As vendas serão feitas na bilheteria oficial, pontos-de-venda e telefone. Não haverá vendas pela internet. Nas compras por telefone, serão aceitos todos os cartões de crédito. Nas bilheterias e pontos-de-venda, também será aceito dinheiro.

A turnê Sticky & Sweet de Madonna, no Brasil, é apresentada por Lojas Renner, co-patrocinada por Claro, Nokia e TAM, além de contar com os Cartões Bradesco e Cartões American Express® Membership Cards como cartões de crédito preferenciais. A turnê é produzida por Live Nation Global Touring.

Os clientes dos cartões de crédito Bradesco e cartões American Express® Membership Cards, emitidos pelo Banco Bradesco ou Banco Bankpar S.A. poderão comprar os seus ingressos em duas vezes sem juros no cartão.

Locais de Venda:

Telefone:

Serão aceitos todos os cartões de crédito.

11 4005-1525 e 11 4004-1007 a partir da 0h de sábado, dia 13 de setembro às 21h. Da 0h de domingo, dia 14 de setembro às 21h. Nos demais dias das 9h às 21h • sujeito a custo de uma ligação local, a taxa de conveniência e entrega.

Pontos-de-venda:

Serão aceitos todos os cartões de crédito e dinheiro. Sujeito a taxa de conveniência.



São Paulo:

· Ginásio do Ibirapuera (Rua Manoel da Nóbrega, 1361): aberto todos os dias das 10h às 20h, a partir de domingo dia 14 de setembro. No dia 14 de setembro, excepcionalmente abrirá às 6h.

· Parque Villa Lobos (Rua Senador Queiroz Filho S/N - Entrada do Detran): aberto todos os dias das 12h às 18h, a partir de segunda-feira dia 15 de setembro.(AOS DOMINGOS ESTARÁ FECHADO).

· Parque Anhembi: (Avenida Olavo Fontoura, 1209 - em frente ao Pavilhão de Exposições do Anhembi): aberto todos os dias das 10h às 20h, a partir de domingo dia 14 de setembro. No dia 14 de setembro, excepcionalmente abrirá às 6h.



Rio de Janeiro:

· Rampa externa Via Parque Shopping (Avenida Ayrton Senna, 3000): aberto todos os dias das 10h às 20h, a partir de sábado dia 13 de setembro. No dia 13 de setembro, excepcionalmente abrirá às 6h.

· Modern Sound (Rua Barata Ribeiro, 502): aberto todos os dias das 10h às 20h, a partir de sábado dia 13 de setembro. No dia 13 de setembro, excepcionalmente abrirá às 6h.

Bilheteria oficial:

Serão aceitos todos os cartões de crédito e dinheiro.

São Paulo: Av. das Nações Unidas, 17.981, aberto todos os dias das 12h às 20h, a partir de domingo dia 14 de setembro.

Rio de Janeiro: Maracanãzinho (Rua Prof. Eurico Rabelo, s/n): aberto todos os dias das 12h às 18h, a partir de sábado dia 13 de setembro.

Será permitida a compra de no máximo 6 ingressos por CPF/Pessoa.

Post Mortem

Novamente sou levado a inspiração pela blogsfera e as leituras que por lá, estão. Eis me em deparo com um post de minha eterna Luz, Luma. Com uma crônica perfeita sobre nossa condição em vida e mostra uma ambiguação do que poderá ser sobre o pós vida. Prometo tentar não filosofar tanto quanto a isto. Mas porque não conversarmos sobre algo que indiscriminadamente iremos todos passar.

Durante anos muitos tentaram entender de onde viemos para onde vamos, e o porque estamos aqui, mas o interessante é que logo esta pergunta some, quando posto em cheque outra maior. Por que morremos?

David Copperfied, sim o ilusionista (para mim ainda é magico) gastou 20 milhões de dólares Por ter supostamente achado a fonte da juventude em uma ilha do Caribe ( surpresa minha se ele compra-se algo perto do Alasca ). Esta compra foi devido a necessidade do mesmo encontrar-se com 400 anos aparentando 30.

Aceitar ou não? depende de ti na verdade. Acontecer vai, não se preocupe quanto a isto, o horário não escolhemos, mesmo os suicidas podem ser corrompidos na hora de fazer o ato, neste caso tomar algo com dosagem errada pode causar mais dores que o próprio óbito.

Sinceramente não leia se achar que encontrará a resposta a pergunta aqui, mas como citou Luma em seu post, o que fazemos durante a vida pode pesar no depois. Isto é algo mais que confirmado alias, estou dizendo isto à parte de qualquer misticismo ou fatos religiosos.

Algo que é mais que cientificamente comprovado é que somos pura energia linear, quando a mesma se desalinha esta parte que teve o colapso terá que alinhar-se novamente, em modo obrigatório para a sobrevivência do universo, pode ser fácil ou difícil mas terá que voltar a sua "formação linear".

Em outra palavras, um ditado de três mil anos já dizia "Aqui se faz, aqui se paga" e uma que talvez ajude melhor, já um pouco mais à frente é a famosa "Cada ação tem sua reação". Ou seja, a reação seria para ação ser anulada ou resolvida e voltar a sua normalidade. ( ahá, esta vendo, disse que não iria filosofar muito, mas compliquei, não é? )

Algo que sempre quis relacionar a isto.

Não quero fazer exercícios físicos
Não quero comer saudável
Não estou afim de aprender
Nem penso em relaxar
Não posso deixar o emprego que me stressa
Não posso VIVER, ponto.

Itens clássicos a mais 500 mil óbitos anuais. Somente no estado de São Paulo.


Onde complicamos tanto a nossa simples existência neste planeta? A ponto de corrermos atras basicamente do antídoto anti-morte, ao invés de procurar o antídoto da felicidade ou apenas da propria vida, que pode trazer ótimas surpresas.

Todos nós, individualmente temos pensamentos sobre a morte de acordo com nossa cultura ou criação, temos Deus, Jah, Buda, Allah, Shiva, Eru Ilúvatar, Oxalá... dentro outras, leva-nos sempre a pensar em apenas um divino. Pensando bem, então, nascemos com este sentimento de ter uma força maior que nós, concorda?

O problema é a falta de nossa percepção e nossa necessidade da matéria que não nos permite utilizar meios de nos sentirmos melhores, procurar este antídoto dentro de nós mesmos. Como o palpável pode ser tão crédulo? Tem um vídeo interessante de meu amigo Emil, na qual diz:

"Como pode ter tanta certeza que o aquém a sua imaginação é exitenciario? Segundo a lei da atração atraiamos aquilo que queremos, sendo assim quando pensamos e queremos muito, nossa mente acaba trazendo isto a nós. Ou seja, não seriamos nós criando a nossa realidade?"

O mesmo acontece quando acreditamos muito no "invisível", acredita em fantasmas? Seres de outros planetas? Que existe muito além de nossos 10% de conhecimento(ignorancius) nosso? Se acreditamos existe ou não?

Veja o vídeo:



Já voltando a idéia sobre morte, talvez devemos considerar como o próximo estagio, para onde, por onde, como ou porque, não tenho a mínima idéia, mas posso dizer que a energia não deixa de existir apenas se transforma em outra forma para manifestar-se.

Se somos julgados ou não acredite saberemos na hora, mas nunca esqueça que o julgamento que fará a diferença sobre sua eternidade e seu nome aqui segue contigo por toda a vida. Cada sim, cada não terá uma reação e será julgado bom ou ruim pelo tempo. Ou seja, nós somos nossos juizes durante a vida, e iremos dar satisfações para uma “energia maior”, após termos revogado essa cadeira de juizes passado durante a vida.

Deixo aqui outro vídeo bacana do cult Os Fantasmas Se Divertem, outra visão única e diferente sobre a morte...




E o que é post mortem?

Post mortem, que em latim latim significa depois da morte, pode referir-se a:

* Intervalo post mortem, o tempo decorrido após a morte de uma pessoa
* Estudos Postmortem, um método de pesquisa neurobiológico
* Postmortem (romance), um romance de Patricia Cornwell
* Post Mortem (livro), um livro de produção indepentente de Filipe Fukumoto 2008 (em andamento)
* Post-Mortem (peça), uma peça de teatro de 1932 escrito por Noel Coward
* Postmortem (filme), um filme de 1998 estrelando Charlie Sheen
* Post Mortem (jogo), um jogo de aventura de 2003
* Postmortem (banda), uma banda de death metal band de Berlim, Alemanha.
* Postmortem, uma canção do album de Slayer de 1986, Reign in Blood


Observações: Enquanto escrevia o post, vi a cena do filme que postei, e quando terminei ouvi uma musica trilha sonora do filme Deus é Brasileiro. Acredita em milagres? :)



Abs e tenha uma ótima semana

Mãos para o bem estudantil

No dia 06 de setembro, que antecede o dia da pátria, cerca de 10 mil voluntários prometem protagonizar uma cena inusitada na grande São Paulo: irão reformar, pintar e limpar cerca de 40 escolas públicas, simultaneamente. No Brasil serão 90 mil voluntários trabalhando em mais de 360 escolas. Eles são participantes do projeto Mãos que Ajudam a Reformar Escolas Públicas, mantido por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que tem como objetivo oferecer à comunidade apoio para enfrentar os desafios sociais encontrados em diversas áreas, entre elas, a educação.

O trabalho que será realizado das 8 às 17 horas em parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e com algumas prefeituras, está em sua 7ª edição e já beneficiou perto de 1.000 escolas. Entre as atividades desenvolvidas estão a pintura de paredes e fachadas, a limpeza das salas de aula e pequenas reformas, como conserto de portas e janelas. Ao todo, só em São Paulo serão utilizados aproximadamente 7 mil litros de tintas, 10 mil pincéis e centenas de sacos de cimento e gesso. Além disso, o projeto deste ano apresenta duas grandes novidades: a implementação de um sistema de reuso de água da chuva para garantir economia às instituições e a realização de palestras para pais, alunos e professores abordando temas como a preparação para conseguir um estágio, administração financeira do lar e o desenvolvimento de hábitos para tornar o aprendizado mais eficaz.

“Este ano, evoluímos o projeto e buscamos soluções para uma grande preocupação ambiental, o uso da água. Inicialmente, iremos implantar, em três escolas de São Paulo, um sistema de reuso de água, o que irá permitir a essas instituições uma economia de até 50% no gasto mensal”, comenta Jô Ribes, diretora do projeto em São Paulo. ”Nossa preocupação também se estende à relação entre os pais, alunos e professores. Pensando nisso, teremos uma programação de palestras cedidas pela FranklinCovey, a mais reconhecida empresa especializada em lideranças e habilidades de Management do Mundo, pelo NUBE (Núcleo Brasileiro de Estágio) e outras empresas e profissionais que doarão sua experiência, tempo e conteúdo com o objetivo de trazer esperança de um futuro melhor para professores, pais e alunos”, explica.

Antes de iniciar o trabalho, os voluntários visitam as instituições e identificam as necessidades de cada uma. A partir daí, é desenvolvido um planejamento para sanar as principais dificuldades encontradas nestes estabelecimentos. Na Penha, por exemplo, o projeto será realizado na Escola Estadual Anita Guasiné Eiras, que, além de receber o projeto de reuso de água, ganhará nova pintura para 16 salas de aula, quadra de esportes, arquibancada e muros internos e externos. Já em Carapicuíba, a Escola Estadual Doutor Benedito de Lima Tucunduva receberá pintura nova nas salas de aula, corredores, quadra esportiva, além de pequenas reformas. A Escola Estadual Prof Dr. Clóvis de Oliveira, em Campo Limpo, receberá o projeto de reuso da água, assim como a Escola Estadual Dr. Secundino Dominguez Filho, no Ipiranga. “Procuramos oferecer às escolas um tratamento personalizado, com serviços focados em suas reais necessidades”, complementa Flávio Cooper, encarregado pelo projeto no Estado de São Paulo.

O Mãos que Ajudam a Reformar Escolas Públicas acontece, simultaneamente, em 150 cidades brasileiras, somando 90 mil voluntários, mais de 360 escolas públicas serão pintadas e 220 mil estudantes beneficiados. Pelo segundo ano, o projeto conta com a parceria do Compromisso Nacional “Todos pela Educação” e, pela primeira vez, com o apoio do ‘CONSED – Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Educação’ – que articulou o apoio das secretarias estaduais de educação ao projeto. Além desse recurso, a ação terá a parceria das diretorias de escolas, associações de pais e mestres, alunos, veículos de comunicação e o apoio da iniciativa privada. Todas as escolas participantes da ação terão como meta principal melhorar seu Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Show Extra da Madonna no Rio de Janeiro.

A Live Nation, em associação com a Time For Fun, anuncia hoje, 5, que devido à gigantesca demanda, um segundo e último show da Madonna no Rio de Janeiro foi confirmado para SEGUNDA-FEIRA, 15 DE DEZEMBRO, NO ESTÁDIO DO MARACANÃ. A Time For Fun anunciará na segunda-feira mais detalhes e a data de abertura das vendas de ingressos para este show. O primeiro show da Madonna no Rio de Janeiro, em 14 de dezembro, está com os ingressos esgotados.

Nota, sim, sobre Madonna. [Update 2] Show Extra no Rio de Janeiro

Durante todo meu tempo de blogagem, nunca antes havia, usado o pub para divulgar informações de um acontecimento único na cidade de são Paulo.

Atenção, você que fez a compra dos ingressos, clique aqui e tenha maiores infos

aproveitei que muitas pessoas gostam de madonna e postei uma nota que acabará de receber, e então deixar todos já sabendo das novidades sobre o show.

Claro que logo percebi ser um trabalho longo, até para sempre atualizar as informações com o que recebo em meu e-mail.

Primeiro aos reais fatos, todos os e-mails que recebo são diretamente da Maquina de Noticia, conceituada em seu trabalho com a Ticket For fun.

Todas as informações que lê aqui são oficiais e todas esclarecendo todas as duvidas quanto ao show da diva, as falhas e erros em SP acontecem sempre em nosso pais, mas sobre o acontecido nas filas foi uma falha grave também de segurança publica.

Mas nada do que aconteceu, justifica criar informações erradas e mentirosas sobre as empresas que participam, todos fazendo sua parte concerteza, terão uma resposta mais rápida.

Com milhares de visitas diárias, e variados tipos de comentários no pub, a Equipe Máquina, gentilmente cedeu essas informações ao Juliu's Pub, por e-mail

Nota

A Máquina da Notícia, uma das maiores e mais respeitadas agências de comunicação do País, informa que não integra a equipe organizadora dos shows da Madonna nem é responsável pela venda de ingressos para a apresentação da cantora. Em virtude de informações equivocadas sobre seu papel neste evento, a empresa esclarece que foi contratada pela Time 4 Fun para exercer trabalhos de assessoria de imprensa e relacionamento com o público web.

Com essas funções, a Máquina e seus profissionais atuam para transmitir as informações oficiais sobre o show, as quais, por sua vez, são repassadas pela própria Time 4 Fun, organizadora da turnê da Madonna no Brasil. A agência preza pela ética e transparência em seu trabalho, o que a torna uma das empresas líderes em comunicação corporativa no País. Em respeito a esses valores que marcam sua história, a Máquina faz questão de ressaltar os esclarecimentos aqui citados.

Equipe Máquina.

Então com o compromisso de seriedade na informação e rapidez na mesma, Juliu's Pub continuará a publicar as informações que irão ajudar a todos a comprarem, e curtirem mais este show.

O bom disto tudo é o aprendizado de todos nós para os próximos mega shows.

E só para lembrar a todos, a promoção Juliu's Pub e Sony Ericsson, logo estará no ar, na qual levaremos você, leitor ou leitora do Pub, para este mega show na cidade de São Paulo.

Em Breve.

abs e até o próximo post.

[Update] Nota - 05/09/2008


A Time For Fun (T4F) garantiu hoje, 5, o primeiro pedido de compra de ingressos dos clientes que tiveram o valor debitado em seus cartões de crédito, mas não receberam o email de confirmação da compra. Vale ressaltar que será garantido até 6 ingressos por CPF e só será levado em consideração o primeiro pedido de compras.

Durante a abertura das vendas para os shows da cantora, no dias 1º de setembro para o Maracanã e 3 de setembro para o Morumbi, muitos consumidores não conseguiram concluir a compra de seus ingressos no site da Tickets For Fun, devido a situações como lentidão e interrupção repentina do processo de venda pela internet.

A empresa entrará em contato com este consumidor em até 15 dias úteis para garantir o primeiro pedido de compra. Portanto, esses clientes estão com os seus ingressos garantidos.

A empresa publicou hoje, sexta-feira, um pedido de desculpas para os fãs da Madonna nos principais jornais do país pelos transtornos ocorridos durante a venda de ingressos.

A T4F também publicou uma explicação técnica sobre o que causou lentidão no sistema e interrupção no processo de vendas. Segundo a área tecnológica da empresa, o número de hits* simultâneos no site de vendas provocou morosidade no sistema. Como efeito colateral, houve aumento do tempo de transação entre os diversos módulos do software de vendas causando atraso nas respostas e gerando informações múltiplas que o sistema não conseguiu interpretar.”

* Os hits correspondem aos cliques dos internautas nas páginas do site.

Show Extra

Atenção , confirmado Show Extra da Madonna show no dia 15/12 no Maracanã.

Madonna em SP, Infos, Ingressos.

Como comprar online?

A empresa realizou uma série de melhorias técnicas no site de vendas do show da Madonna (www.ticketsforfun.com.br), que apresentava lentidão devido à gigantesca demanda de ingressos para o show. Houve um grande aumento na capacidade de processamento de informações e agora há a opção de acesso via cinco servidores para o consumidor. Assim, logo na página inicial, ele pode escolher qual servidor irá utilizar. Se, por acaso, o servidor escolhido apresentar lentidão, basta passar a qualquer um dos outros quatro para realizar a compra do ingresso.

Duvidas mais frequentes.

Pago meia?
Sim, estudantes e idosos

Qualquer Cartão de Credito? Sim, todo e qualquer cartão será aceito

Preciso de um cadastro para comprar? Sim, você terá que ter um cadastro, ou então terá que fazer um cadastro novo na hora da compra. O cadastro só garante a rapidez na comprar, e não o ingresso.

Quantos ingressos posso comprar? Até seis ingressos por CPF (cadastro).

Bom show a todos, e boa diversão.

Em dia com a Saúde.

A Uni Sant’Anna, uma das maiores instituições de Ensino Superior privado de São Paulo, e a X-9 Paulistana, tradicional escola de samba da zona Norte da capital, promovem dia 14 de setembro (domingo) o “X em Ação”, evento de orientação e auxílio na área de saúde para a população de São Paulo. Realizado anualmente, o tema deste ano é “Qualidade de Vida”. A estimativa da organização é receber 4 mil pessoas, das 9 às 17h.

Na quadra da X-9, localizado no bairro da Parada Inglesa (zona Norte), cerca de 250 voluntários, alunos dos cursos de enfermagem e fisioterapia da Uni Sant’Anna, sob a orientação dos professores, farão exames de pressão arterial, dosagem sanguínea (para análises de colesterol e diabetes) e avaliação do grau de estresse, além orientações para o auto-exame da mama, postura correta e cuidados com a pele, entre outras. Conforme o resultado dos exames, o paciente será encaminhado para hospitais e postos de saúde da região mais próxima a sua casa.

Profissionais da área da saúde ministrarão palestras sobre saúde do homem e da mulher e haverá, ainda, um mini-consultório odontológico, que orientará e explicará sobre a importância da saúde bucal.

O Lions Club participará do evento com sua equipe de técnicos e oftalmologistas voluntários, que promoverão o ‘Mutirão da Catarata’. Na primeira etapa serão feitos exames de acuidade visual e, se necessário, os pacientes serão encaminhados para clínicas para exames pré-operatórios detalhados e, se for o caso, agendamento de cirurgia.

Enquanto fazem seus exames e participam das palestras, os pais poderão deixar os filhos aos cuidados dos alunos dos últimos semestres dos cursos de Licenciaturas da Uni Sant’Anna, que irão entreter as crianças com atividades lúdicas.

Os interessados em participar devem comparecer na quadra da X-9 Paulistana, - Av. Luiz Dumont Vilares, 324 - a partir das 9h00, munidos de RG, CPF e comprovante de residência (conta de luz ou telefone).