Sensation



Uma das maiores raves do planeta finalmente passou pelo país, mas e agora?

O Sensation, patrocinado nas terras brazuca pela Skol,prometeu inovações e uma nova experiência relacionado ao evento. Diria que foi 50/50... A inovação aconteceu, mas foi bem tímida.

O que tinha? Branco, alguns performances [ Sim, esperávamos bem mais por conta do buzz ], pirotecnia indoor [ousado, bacana],uma cabine de Dj giratória - o que foi bom para os DJs porque ficaram finalmente no hot spot da noite -, luzes, luzes e muitas luzes e a arvore tema do evento.

Apesar de estarmos em 2009 o Brasil ainda engatinha em evolução de ventos do estilo. O Skol Sensation ao menos mostrou que podemos inovar, temos espaço e público para isto. O evento é único em sua categoria por ressuscitar as festas exclusivas, temáticas e com um ar de one night only. Lembrou-me bastante de como faziam os antigos aristrocatas, já à anos... Uma mascara e tudo pode acontecer. No caso a mascara foi o branco e quase tudo poderia acontecer - bom senso né pessoal -.

Veja o vídeo do primeiro Sensation [v. White]. Ano 2000 em Amsterdam:



O evento nasceu em Amsterdam e por cinco anos ficou apenas por lá. Logo após, alguns bons investidores alastraram a idéia, o evento a partir de 2005 for para Polonia, Espanha, Chile, Alemanha, Belgica, Hungria, Republica Tcheca, Republica de Latvia [Norte Báltico da Europa], Rússia, Dinamarca, Lituânia, Portugal e agora Brasil. Mas a festa se consagrou mundialmente quando, em 2008, foi anunciado que o Sensation seria o evento da virada no ano novo em Melbourne, Austrália e também Barcelona, Espanha. Depois disto o céu virou o limite.

Assista a abertura do evento em Amsterdam no ano passado:



Grandes responsabilidades.

Vimos pelos vídeos que, se compararmos ao primeiro evento de 2000, até que nos saímos bem. Mas podemos fazer bem melhor, acredite. Problemas sempre ocorrem. Como por exemplo: A maravilhosa 'mania brasileira' de nunca chegar na hora. Isto acabou causando uma abertura do evento com a casa semi-lotada, acredite, o Skol Sensation só encheu após uma e trinta da manha. Boratto já havia tocado todo seu SET e entregado seu testemunho à imprensa.

Então pessoal, por favor. Que tal um esforço para chegarem ao horário? Já falei sobre os horários de brasileiro em outro post. Depois vejam lá.

Ops

"Desculpe, não nos informaram muito" Ai, ai, ai... Lá vem.

Como toda boa festa exclusiva sempre sobra para o pessoal da pista. Durante toda semana passeei pelos blogs que comentaram sobre o evento e também no twitter. Uma grade parte do pessoal da pista não gostou nem um pouco da organização - até agora não ouvi boatos de brigas, ilícitos ou afins, o que é bom - , mas o ponto preocupante é ter uma gama enorme de casting e crew que pouco sabiam sobre a estrutura... Poderiam eles ajudar em caso de necessidade? Não. Por isto tínhamos espalhados pela casa uma brigada de incêndio, alguns carros para emergências médicas e também guarda policial ao lado de fora. Olha, brincadeiras a parte, eu me senti no lugar mais seguro do planeta. Enquanto os seguranças cuidavam da parte de dentro, a brigada ficava de olho, o pessoal médico a postos e se eu sair ainda teria a guarda policial lá de fora. Mas por que tanta gente e pouca informação? Não sabemos. Mas posso afirmar que as duvidas que tivéssemos viria da necessidade de valer o ingresso pago: "Como assim você não sabe onde é a chapelaria? Tu ta trabalhando aqui!". Coisas deste tipo.

Desculpem aos navegantes, mas não irei comentar o bar por não passar pela experiência. Pelo que vi tinham muitas pessoas e sei que todos foram atendidos, atrasos a parte, mas atendidos.

Estrutura:

Já falei um pouco do que tinha no evento, mas darei meus parabéns à [boa] ousadia da organização. Quem iria imaginar que o som seria ótimo dentro do pavilhão do Anhembi? Quem visita sabe como é barulhento o lugar e acústica zero. Mas com uma infra-estrutura bem planejada esses que poderiam ser grandes problemas foram resolvidos com um bom planejamento e execução técnica.

E agora?

Well folks, agora é aguardar e ver se o Skol Sensation virá fixo em nosso calendário. Acho um erro levar o evento para outras cidades além de São Paulo ao menos por agora. Acredito que o evento teria que evoluir por aqui e depois se espalhar. Pelo primeiro foi ótimo, poderia ser espetacular. E será com certeza.

Agora indico ler o que o pessoal achou nos links abaixo:


Preview

Enquanto o branco é paz, fantasia, luz, imaginação, virgem e afim... Já a versão Black trás o lado obscuro da força e libera a fantasia a um nível mais hard, introvertido e rave gothic. Tema que da para brincar bastante também... Mas vem cá, de preto, dentro de uma balada, com mais 40 mil pessoas? Aguente o calor. Veja o preview do evento que aconteceu apenas a sete dias após o White em 2008 e logo após um vídeo do evento Black em 2007:





Site oficial do Sensation aqui. E do Skol Sensation aqui.

abs,

Nenhum comentário:

Postar um comentário