Amores de uma cidade

Primeiro veio Paris, te amo [Paris, Je T'aime - 2006], que conta, através de 18 curtas-metragens de 21 diretores diferentes, histórias de amor que se passam na cidade luz. Alguém ai se lembra das histórias? Foi uma idealização diferente de se mostrar uma cidade, quais as faces, estilos, cores, sentidos e movimentos. As histórias, mesmo que rápidas, são marcantes mesmo que algumas tenham um fundo de fantasia e ficção, - Vampiros in love, pois é... Antes de Crepúsculo, pasmem! hohoho - o filme fez o sucesso que prometera, e deixou com um toque de quero mais. Tiramos à idéia de Discovery Channel e conhecemos a verdadeira cidade por seus moradores/amores.

Difícil lembrar de uma que não gostei, mas fácil de lembrar quais histórias marcaram neste longa/curto film. Um sentimento de quem não está mais entre nós, uma senhora que procura seu entendimento de existência, um casal que de tão diferentes, são tão únicos a si. A necessidade do dia a dia, a distancia inexistente. Enfim... Um filme que te faz pensar no amor em todas as suas formas, puro. Relembre, veja o trailer abaixo:



E em outubro deste ano, 11 novas histórias de amor, de 11 diretores, serão contadas em Nova Iorque. Não é a primeira vez que a big apple tem curtas histórias para contar sobre o amor, mas é a primeira vez que ela vira foco de como realmente é - em amour, people! -. O beneficio do mesmo produtor é a ênfase ao amor e a cidade. Podemos esperar então, lugares diferentes dos turísticos mostrados em todos os filmes, mas o perigo aqui mesmo é cair em mais um filme note-americanizado – veja a lista de atores e atrizes -. Para fugir disto vamos usar o mesmo beneficio do primeiro, de vários diretores de várias partes do mundo e ver o que acontece.

O filme, “Nova Iorque, Te amo” [New York, I Love You - 2009], tem estréia norte-americana marcada para o dia 16.

A obra parte do mesmo produtor de Paris, Emmanuel Benbihy e entre os diretores convidados estão grandes nomes, como: Mira Nair, Brett Ratner e Shekhar Kapur. Natalie Portman, além de fazer parte do elenco, dirige seu segundo curta no filme. Além dela, o elenco conta com Andy Garcia, Orlando Bloom, Christina Ricci, Rachel Bilson, entre vários outros nomes de peso.

Vemos então que a indie Natalie Portman continua na franquia. Mas tenho receio de ver Orlando Bloom e Shia LaBeouf, dois atores de épicos comerciais, como se saem em um film art?

As histórias se passam nos principais bairros de Nova Iorque, e não tem ligação entre si, mas como no filme anterior, o encerramento traz o encontro de todos os personagens. Ou seja, indico a todos. Ah, e parece que o produtor tem planos de fazer mais dois filmes, um em Londres e outro no Rio de Janeiro. Nada contra a cidade maravilhosa, mas acho que São Paulo teria um enfoque mais art/cult, não?

O trailer já está na internet há algum tempo, confira:



abs,

Call to Action

Acontece no próximo dia 21 de setembro, a maior mobilização social já realizada. Trata-se da “Call to Action”, que reunirá milhares de eventos ao redor do mundo em torno de uma só mensagem: os governos precisam se posicionar, definir e aprovar um acordo justo, ambicioso e comprometido na 15ª Conferência das Partes (COP-15) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas. A cúpula de governos mundiais se reunirá em Copenhague, Dinamarca, de 7 a 19 de dezembro de 2009.

Batizada de Ação pelo Clima no Brasil, ela já somou mais de 150 atividades programadas para acontecer em todos os estados. A iniciativa faz parte da Campanha TicTacTicTac, uma aliança inédita de organizações não-governamentais (ONGs), sindicatos, grupos religiosos e pessoas que busca mobilizar, por meio de um amplo abaixo-assinado, organizações, públicas e privadas, redes e a sociedade em geral para pressionar os governos das nações que participarão da COP-15 a se posicionarem a favor de um acordo justo, ambicioso e comprometido. Todas as assinaturas colhidas fazem parte do banco de dados da campanha mundial. Além disso, a campanha incentiva toda a sociedade civil a proativamente organizar ações paralelas para debater o tema, podendo divulgá-las no site www.tictactictac.org.br. No endereço, também é possível acompanhar a agenda de ações em todos os países participantes da campanha.

Por meio de uma plataforma online, desenvolvida pela Avaaz, organização parceira da TicTacTicTac, qualquer pessoa ou organização pode cadastrar seu evento ou identificar algum evento próximo de sua localidade para participar no dia 21. Para isso, basta acessar o site da campanha.

Há iniciativas de todos os gêneros e tamanhos. Na cidade de São Paulo, por exemplo, o banco de dados reunia mais de 20 atividades, sendo que uma das principais será realizada no Vão Livre do MASP, na Avenida Paulista. A Caminhada TicTacTicTac acontece a partir das 12h. Haverá também uma flashmob (mobilização relâmpago) em frente ao prédio da Gazeta, na mesma avenida, também às 12h.

Já na cidade do Rio de Janeiro, a população pode se engajar em mais de uma dúzia de atividades, que incluem desde o plantio de árvores no Jardim Botânico, a partir das 10h. Chamado de Dia do Clima, ou Dia C, contará com a presença de diversas autoridades locais.

Na pequena Timbaúba, no Estado de Pernambuco, o dia começa às 7h30 com uma iniciativa da Natureza Viva, um desfile de jovens fantasiados de personagens defensores da natureza: curupira, boitatá, duendes, gnomos e índios se juntarão para apresentações culturais e distribuição de sementes de plantas nativas, além do plantio de mudas de ipê.

Ação pelo Clima no mundo

Com mais de 2 mil atividades registradas em mais de 100 países, o Call to Action promete ser uma data inesquecível na luta global contra as mudanças climáticas.

Em Fukuda, no Japão, os participantes pintarão seus rostos de vermelho e se concentrarão em um flashmob na área mais movimentada da cidade. Grupos em Kinshasa, na República Democrática do Congo, farão uma marcha da Câmara Municipal até o Palais de la Nation, a sede do governo daquele país, para apresentar a sua petição sobre as mudanças climáticas.

Na cidade de Papeete, na Polinésia Francesa, os participantes, todos vestidos de branco e segurando uma flor colorida, se reunirão em frente ao mar. Às 12h, todos elevarão sua flor ao sol, enquanto os alarmes de seus celulares, todos definidos com uma única nota de chamada (mellow), tocarão juntos por um minuto. A manifestação será seguida de um concerto acústico ao ar livre, no parque local.

O Brasil é o terceiro país do mundo em número de eventos da Hora de Acordar Global. Temos neste momento 158 ações cadastradas, empatadas com o Canadá. Mais que nós, apenas os Estados Unidos e o Reino Unido. E isso numa lista onde estão 120 países, segundo Aron Belinky, coordenador executivo da campanha TicTacTicTac.

E você, vai se juntar ao movimento?

abs,

Eu, translation

Assim como outros escritores, resolvi brincar com as traduções do google e verificar as expressões diferenciadas por todo o globo.

Original: Procure ser um homem de valor, em vez de ser um homem de sucesso.
por: Albert Einstein

Inglês: Try to be a man of value, instead of being a man of success.

Alemão: Versuchen Sie, ein Mann von Wert, anstatt ein Mann des Erfolges.

Francês: Essayez un homme de valeur, plutôt que d'un homme de succès.

Italiano: Provare con un uomo di valore, piuttosto che un uomo di successo.

Espanhol: Trate de un hombre de valor, en lugar de un hombre de éxito.

Português: Tente um homem de valor, em vez de um homem de sucesso.

É isto, até que o robozinho não errou tanto, mas com certeza a tradução aberta ainda deixa muito espaço a interpretações. Faça um teste você também, escolha uma frase e veja como a frase fica ao redor do mundo e como volta a ti.

Abs,