Voto Obrigatório

Julio, você é a favor do voto obrigatório?

Obviamente, não. A história do voto obrigatório, que existe no Brasil, sempre me fez lembrar uma passagem do "Émile", de Rousseau, em que uma mãe espartana recebe o seu zelote e lhe pergunta se os espartanos venceram a batalha. E o zelote informa: "Todos os teus filhos foram massacrados." A mãe, furiosa, responde-lhe que não foi essa a pergunta. E quando o zelote confirma a vitória militar dos espartanos, a mãe sobe ao templo para agradecer aos deuses. Rousseau comenta apenas, em tom lacônico: "Eis uma cidadã." Quando me falam em voto obrigatório, essa espécie de "fanatismo cívico", lembro sempre a mãe espartana.

abs,

Nenhum comentário:

Postar um comentário