Paraolimpíadas Escolares 2010

O momento da pira Paraolímpica sendo acesa marcará o início das Paraolimpíadas Escolares nesta terça-feira, 7 de setembro, no Anhembi Parque, em São Paulo. Maior competição do mundo nessa faixa etária, as Paraolimpíadas reunirão mais de 800 jovens de 14 a 20 anos, de 21 estados mais o Distrito Federal, até 11 de setembro. A competição, que visa revelar novos valores e possíveis atletas para representar o Brasil nos Jogos de 2016, contará com mais de 1300 pessoas envolvidas.

Retomada ano passado, as Paraolimpíadas Escolares contaram com a participação de 19 estados mais o Distrito Federal. Os Jogos, que foram em Brasília, revelaram novos talentos em oito modalidades: atletismo, natação, futebol de 5 para cegos, futebol de 7 para paralisados cerebrais, judô, goalball, bocha e tênis de mesa.

A edição de 2010 cresceu e contará com 300 atletas a mais e mais duas modalidades no programa: vôlei e tênis em cadeira de rodas. Além disso, os estados de Goiás e Rio Grande do Sul estreiam na competição.

Além do CPB, participam da organização das Paraolimpíadas Escolares o Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência; e a Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

Paulistas em maior número

No total, as Paraolimpíadas Escolares reunirão mais de 1300 participantes e mais de 800 atletas. São Paulo é o estado com a maior delegação: são 161 pessoas, sendo 111 atletas. O Rio de Janeiro vem na sequência com 159 pessoas, sendo 99 atletas; o Distrito Federal participa com 127, sendo 79 atletas; Santa Catarina com 115 pessoas, 67 atletas; e Minas Gerais com 106, 67 atletas.

As competições serão no Clube Espéria (natação, futebol de 5, tênis em cadeira de rodas, vôlei, judô, futebol de 7 e goalball), no Centro Olímpico (atletismo) e no Anhembi Parque (bocha e tênis de mesa).

Fica a dica,

abs,

Nenhum comentário:

Postar um comentário