Meus pouquinhos anos

Ainda lembro, quando pequeno, pegar um dos meus primeiros livros e a cada palavra descobrir um novo mundo, significado e sentindo das coisas.

Descobri-me saudoso de minha antiga nova idade ao ver esse trailer:






Lembro de meus raros momentos na frente da televisão só para ver as aventuras de Christofer Robin e os animais da floresta... Pooh sempre me trouxe a mente a pura inocência de nossa existência. Estar ao lado de quem gosta, dos novos amigos, dos velhos amigos, de respeitar ao próximo, de viver nossas pequenas grandes aventuras. Por que me identificava mais com esse desenho? Nunca tive muitas companhias quando crianças, assim como Robin, a não ser minhas descobertas e papai do céu guiando meus novos passos para um vida. Lembra do que brincava?

Eu já fui pirata, astronauta, ator, circense e filósofo, ... Olhava para o céu procurando as novas aventuras do consciente infantil. Visitando as nuvens, conversava com elas enquanto deitado na grama do jardim de casa e sempre esperava a primeira estrela só para perguntar a ela como foi a sua grande aventura do dia.

A nostalgia é boa e me lembra que ainda tenho essa criança comigo, essa criança que sempre aparece em um sorriso, em um abraço forte e quando pede um carinho ou um mimo de quem mais ama.

É bom voltar de vez em quando ao lugar que nós viemos, lugares de nossos primeiros passos. Nosso planetinha que continua sobrevivendo, mesmo quando esquecemos de voltar para rega-lo um pouco mais de nossas novas histórias.

Lembra de seus pouquinhos anos?

Abs,

O trailer é do filme Winnie The Pooh, que será lançado neste ano de 2011, e a música é da banda Keane, Somewhere Only We Know.

Nenhum comentário:

Postar um comentário