O Twitter, o que é?

Quando me perguntam, não sei direito o que responder. Apenas um "microblog"? Desculpe, mas em blogs eu aprendo, leio, (raramente) comento e libero minha mente para novas ideias, conhecimentos...

O Twitter o que é? Algo pequeno, como a cabeça de muitos
O Twitter o que é? Algo pequeno, como a simplicidade de grandes ideias

Já no twitter, eu não posso falar, longe de mim criticar, nunca democratizar e nem penso em abolicionar conversas transversais. Nada é criado, tudo é divulgado.
O Twitter o que quer? Suprir as necessidades de mascarados
O Twitter o que quer? Saciar a vontade dos desesperados

Já citado aqui, só reforço. É para poucos, porém para muitos. Entende mais ou menos?

Tento novamente. Twitter é feito para poucos seres humanos que precisam manter a mente aberta. Porém, hoje ele é para poucos que mantém o preconceito em dia.

O ódio, ele favorece
O amor, ele não engrandece
O conhecimento ele agradece
A estupidez, ele cresce

Mas enfim, seu blogueiro, e o twitter o que é?
A nova mascara de falsos vingadores.

Att,

Após ser criticada por falar mal dos baianos, Gal Costa decide se afastar do twitter

3 comentários:

  1. Ainda não aderi ao twitter, Júlio. Tenho meu espaço lá, mas está inativo. Para um verborrágico incurável como eu, 140 caracteres são apenas o início do aperitivo. Assim, continuo delirando no blogue.
    Gostei da definição: a nova máscara de falsos vingadores.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi Julio, concordo em partes com você, no twitter tem sim aqueles que estão lá só por estarem, que não agregam nada e ainda gostam de tumultuar, mas como ferramenta de mídias sociais para divulgação de link com conteúdo ou uma informação rápida como trânsito ou alagamento acho bastante funcional, o que as pessoas precisam é aprender a filtrar melhor seus conteúdo.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Júlio!

    Vejo que o twitter é uma compilação de tudo que possa existir. Desde os frenéticos beijos e abraços para todo mundo, as mensagens irônicas enviadas a todos, as guerras e o confronto de ideias e no meio disso alguma informação interessante. Lá, pessoas mais impulsivas, como eu, podem em segundos dizer uma ou outra "frase infeliz". Uso-o para ler notícias do momento.

    De modo algum substituirá o prazer de ler um texto ou de comentar em um blog.

    Abraço!

    ResponderExcluir