Um, contínuo, novo ano

Por muitas vezes vestimos camisas de fatos históricos, momentos únicos e palavras que queremos durar por uma vida, porém, quando chega a virada de um ano o ser humano gosta de se sentir inábil de continuar a própria vida. Sente um direito claro de apertar o botão de “refazer”, “re-ser”.

Em quinhentos e vinte e cinco mil e
seiscentos minutos
Como você mede...
Um ano de vida?

Medo da idade, dos momentos, dos problemas não resolvidos. Por vários anos essa passagem de ano que veio de um momento bonito de renovação da alma e novas energias, virou algo simbólico aos próprios erros da humanidade. O que realmente renova em você?

Em dias?
Em Pores-do-sol?
Em meias-noites?
Em copos de café?

Neste ano você estará mais velho, continuará com as experiencias que teve no ano que passou, terá as mesmas contas e continuará com os mesmos amigos... O que tanto quer “renovar”? Você aprendeu a reciclar? Sorriu mais? Fez o correto? Leu bastante? Se está aprendendo ainda isto, por que recomeçar do zero? Continue!

Em lições que se aprendeu
Ou nas vezes que chorou
Nas pontes que ergueu
ou na maneira que ela desabou

Assim como o planeta, somos lineares, seres finitos, existentes apenas dentro de um ciclo único e – até o momento imparavél por nossa vontade. Mesmo assim 7 bilhões de pessoas querem imaginar que tudo pode re-acontecer, só que “desta vez de outra maneira”. Irreal.

Se você errou, errou. Se acertou, acertou. O que mudaria em um fato da sua vida, ruim? Pois bem, por que não fez esse ato no momento, e não apenas depois? Deixe de lado os tabus da sua vida e seja um ser humano melhor.

Em risos?
Em lutas?
Em acertos?
Em momentos?

A vida dentro de 365 dias não é algo simbólico, é contínuo, é um fato verídico que vai lhe acompanhar por todos os outros anos até completar o seu ciclo. E você, o que quer fazer de bom neste caminho? Sempre se renovar ou continuar e melhorar a sua própria existência?


Que tal medir em amor? É como eu faço. Sejam felizes, sempre.

Não se renove, continue-se e evoluía seus pensamentos, conte cada segundo como um momento único.

Abs

As frases compõe a música Seasons of Love do musical RENT

Um comentário:

  1. Feliz Ano Novo, Júlio. Que continuemos todos evoluindo.

    Um abraço.

    ResponderExcluir