Pequenas dúvidas...


- Mamãe, como tudo começou?
- Como se a mamãe estivesse encontrado com a eternidade e fizesse a paz com o paraíso.
- E como foi, mamãe?
- O dia nunca terminou. Uma ternura, uma paz e nosso amor.
- A senhora sorri quando diz...
- Sim, meu amor. É desse dia eterno que tudo veio acontecer.
- E o papai?
- Com uma carinha de menino, com atitude de homem, me ajudou a criar tudo isso que sente e vê.
- E como será quando eu crescer?
- Estaremos ao seu lado, com todo esse amor que temos por você.
- Vocês ficarão sempre juntinhos?
- Somos um só, e você, é a nossa confirmação de tudo que sentimos, do tanto que podemos mudar neste universo. Nosso anjinho de esperanças e pureza.
- Eu te amo, mamãe. . .
- Eu te amo, meu presentinho do céu.

...durma bem.

1º de Junho... alguém ai se lembra?


“Ninguém que não tenha nascido para isso e esteja disposto a viver só para isso poderia persistir numa profissão tão incompreensível e voraz, cuja obra termina depois de cada notícia, como se fora para sempre, mas que não concede um instante de paz enquanto não torna a começar com mais ardor do que nunca no minuto seguinte."

Gabriel Garcia Marquez

Alguém ai se lembra?